Sign in with Twitter

Type the topic in any language to check out real time results of Who's Talking on Social Media Sites


Trending Topics: #裏で呼ばれているニックネームアルベールRay Of Hope MIX尻の財宝ハゲモンT#24KnoBrasil#GitmekİstediğimYerABD'de 6,8#ColouroftheyearIpswich Hospital夏目漱石のアンドロイド完成M6.8#eSportsNoSporTV#zamanla#DövizeOneMinuteLig'de 14KışGüneşimiz GökhanAlkanAdaletEGM SosyalHizmetUzmLabour MP Luciana BergerMP Michelle ThomsonATTACK HARMOS#YHNHSAwardsOxford Road#tacklingloneliness#civicroleartsPatrick Green QCAnnie Alainn川内原発1号機Kim e Kanye NÃOGözler ÇankayaRobert the Bruce#makeafilmcycling#WayraDD16#PretendToBeATimeTraveler#RavenaNoPopTeen#tricolorJAKredi Garanti FonuBaşbakan EKK4 Alman#RioOpen#NoelimeDokunma#BelieveinSomerset#SarayınsoytarısıkemalManjit Gill QC#HowIHandleRejection#あなたの仮面ライダーはどこから#AssistaFallenNosCinemasCrack Mome天理ラーメン#24kinbrazil#apersonalidadedoanoéBOM DIA PRA QUEM É PENTA#TürkiyeDeDOLARADarbeAynes Gıda'ya FETÖHelen Mountfield QC#CiteUmaSérieOuFilme#TVdekiAhlaksızlıklaraHAYIR柿谷結婚Really British#YouAreDirectionerIfSpiderman Homecoming TrailerGreg LakeScott PruittDecember 7Time Person Of The Year 2016Junaid JamshedAdam EatonGarrett ClaytonWillie TaggartFifty Shades DarkerLinda McMahonWade DavisAroldis ChapmanKim KardashianDoris BurkeLane KiffinJohn LennonWarriorsSofia Vergarakristin chenowethMore

Most recent 100 results returned for keyword: Guiné Equatorial (Search this on MAP)

Flickr Guine_Equatorial_Evinayong_3


Recent Updated: 7 months ago - Created by odilrak - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - odilrak
Flickr Guine_Equatorial_Evinayong_5


Recent Updated: 7 months ago - Created by odilrak - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - odilrak
Flickr MAB Elhad à Malabo
Tags: ge   malabo   cartesgéographiecomores   guinéeequatorial   
Malabo Guiné Equatorial
Recent Updated: 1 year ago - Created by Mab_Elhad - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Mab_Elhad
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Raphael David | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   desfiledascampeãs   raphaeldavid   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   
A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Raphael David | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Raphael David | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   desfiledascampeãs   raphaeldavid   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   
A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Raphael David | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   desfiledascampeãs   gabrielsantos   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   
A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur

A campeã do Carnaval 2015 Beija-Flor explorou o continente africano no Sambódromo com o enredo “Um griô conta a história: Um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa Felicidade”.

Rio de Janeiro, 21/02/2015
Carnaval 2015 – Desfile das Campeãs
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
___________

Beija-Flor Crowned Carnival Parade Champion

Samba school is alleged to have received money from Equatorial Guinea’s dictator Teodoro Obiang

By PAUL KIERNAN

Updated Feb. 19, 2015 9:42 a.m. ET

RIO DE JANEIRO—Samba school Beija-Flor was crowned champion of Rio’s annual competition Wednesday with a tribute to Equatorial Guinea, despite controversy that the school allegedly accepted millions of dollars in donations from the tiny African nation’s dictator.

Judges gave Beija-Flor 269.9 points out of a possible 270 for criteria ranging from the music and rhythm of its performance, to its costumes, plot and allegory.

But the show was partly financed by a donation of as much as 10 million Brazilian reais ($3.5 million) from Equatoguinean President Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, who seized power in a 1979 coup, according to O Globo, Rio’s largest newspaper.

Television journalist and commentator Sandra Moreyra denounced the idea of a carnival parade celebrating a dictatorship, but she praised the group’s technical prowess.

The performance just after midnight on Tuesday morning “didn’t commend the dictator but Négritude, Mother Africa, the old sages of the tribe, the storytellers, and this school from Nilópolis does like no one else,” Ms. Moreyra said, referring to the Rio suburb where Beija-Flor is based.

The samba school’s president, Farid Abrão David, couldn’t confirm the contribution from Equatorial Guinea’s government earlier this week but said “there should be” some money. He said the performance was about the country and not the regime.

Mr. Obiang’s son, Teodorin Nguema Obiang Mangue —who last year agreed to relinquish more than $30 million in U.S. assets under the Justice Department’s Kleptocracy Asset Recovery Initiative—was among the revelers spotted in the VIP section of Rio’s Sambadrome during Beija-Flor’s performance.

Human-rights groups and other watchdogs widely accuse Mr. Obiang’s government of repressing political dissent, violating rights and looting Equatorial Guinea’s relatively bountiful oil wealth. The nation’s per capita gross domestic product exceeds that of the Czech Republic, according to the World Bank, yet the United Nations places it 144th out of 187 countries for “human development.”

Multiple attempts to reach the Equatoguinean government for comment were unsuccessful.

wsj.com

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   do   é   carnaval   february   campeã   beijaflor   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Fernando Maia | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   beijaflor   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   grupoespecial   fernandomaia   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   
A agremiação de Nilópolis falou sobre a Guiné Equatorial e a herança que continente africano deixou para o Brasil.

Rio de Janeiro, 16/02/2015
Desfile na Sapucaí – Grupo Especial
Foto: Tata Barreto | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Fernando Maia | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   beijaflor   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   grupoespecial   fernandomaia   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   
A agremiação de Nilópolis falou sobre a Guiné Equatorial e a herança que continente africano deixou para o Brasil.

Rio de Janeiro, 16/02/2015
Desfile na Sapucaí – Grupo Especial
Foto: Tata Barreto | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.

Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Marco Antônio Cavalcanti | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   beijaflor   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   grupoespecial   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   marcoantôniocavalcanti   
A agremiação de Nilópolis falou sobre a Guiné Equatorial e a herança que continente africano deixou para o Brasil.

Rio de Janeiro, 16/02/2015
Desfile na Sapucaí – Grupo Especial
Foto: Marco Antônio Cavalcanti | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Marco Antônio Cavalcanti | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   beijaflor   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   grupoespecial   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   marcoantôniocavalcanti   
A agremiação de Nilópolis falou sobre a Guiné Equatorial e a herança que continente africano deixou para o Brasil.

Rio de Janeiro, 16/02/2015
Desfile na Sapucaí – Grupo Especial
Foto: Marco Antônio Cavalcanti | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Rio Carnaval 2015 - Beija-Flor - Gabriel Santos | Riotur
Tags: rio   riodejaneiro   samba   carnaval   beijaflor   sambódromo   escoladesamba   sapucaí   passareladosamba   riocarnival   grupoespecial   gabrielsantos   carnaval2015   riocarnaval2015   riocarnaval450   
A agremiação de Nilópolis falou sobre a Guiné Equatorial e a herança que continente africano deixou para o Brasil.

Rio de Janeiro, 16/02/2015
Desfile na Sapucaí – Grupo Especial
Foto: Gabriel Santos | Riotur
--------------------------------------------------
Rio Guia Oficial | www.rioguiaoficial.com.br

Recent Updated: 1 year ago - Created by Visit.Rio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Visit.Rio
Flickr Rio Carnaval February 2015 - Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio 2015
Tags: rio   carnaval   february   2015   
A Beija-Flor é a campeã do Carnaval 2015 do Rio de Janeiro. A escola azul e branca chegou ao seu décimo terceiro título do grupo especial com o enredo que contou a história da Guiné Equatorial e valorizou a influência africana na cultura brasileira.
Recent Updated: 1 year ago - Created by Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Boaz Guttman בועז גוטמן ГУТМАН
Flickr Visita do Primeiro-Ministro da Guiné Equatorial à CCISS


Recent Updated: 1 year ago - Created by CCISS - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - CCISS
Flickr CDH - Debate sobre a calamidade provocada pelo vírus ebola em países da África e sua projeção em outros continentes.
Tags: brasília   brasil   df   bra   cdh   senadoreduardosuplicy   vírusebola   
Sala de comissões do Senado durante a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) .

A calamidade provocada pelo vírus ebola em países da África e sua projeção em outros continentes é tema de audiência pública na CDH. Além de representante do Ministério da Saúde, o debate conta com as presenças de embaixadores de países afetados, como Guiné-Bissau e Guiné Equatorial.

Em pronunciamento, senador Eduardo Suplicy (PT-SP).

Foto: Pedro França/Agência Senado

Recent Updated: 1 year ago - Created by Senado Federal - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Senado Federal
Flickr Anúncio Guiné Equatorial

Anúncio desenvolvido para o Grupo ARG com o objetivo de divulgar sua atuação na Guiné Equatorial
Recent Updated: 2 years ago - Created by Guilherme Araújo - Digital Portfólio - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Guilherme Araújo - Digital Portfólio
Flickr guine-equatorial-lgflag
Tags: países   bandeiras   

Recent Updated: 2 years ago - Created by Siga Santiago - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Siga Santiago
Flickr 20140522_133505
Tags: cartunista   jamónyqueso   guinéequatorial   
Jamón y Queso - nome artístico de Ramón Esono. Cartunista da Guiné Equatorial
Crédito da Foto: Rafael Carvalho
Credits: Rafael Carvalho
Stay free to use as long as you provide the credits
Uso livre, desde que tenha os devidos créditos

Recent Updated: 2 years ago - Created by Rafaeloak - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Rafaeloak
Flickr Equatorial Guinea Soccer Graphic
Tags: wallpaper   sport   bandeira   football   team   fifa   flag   soccer   country   player   smartphone   bandera   jersey   deporte   worldcup   squad   pays   esporte   futebol   equipe   jeuxolympiques   fútbol   équipe   drapeau   olympicgames   equatorialguinea   equipo   jogosolímpicos   joueur   futbolista   país   lesport   coupedumonde   juegosolímpicos   jogador   eqg   copadomundo   africacupofnations   copadelmundo   nzalangnacional   nationslight   
Equatorial Guinea Soccer Graphic, Guiné Equatorial Futebol gráfico, Guinea Ecuatorial Soccer Gráfico, Guinée Equatoriale Football Graphic
Recent Updated: 2 years ago - Created by SidewinderII - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - SidewinderII
Flickr Equatorial Guinea Soccer Graphic
Tags: terrain   sport   bandeira   football   goal   team   kick   fifa   flag   soccer   country   run   player   bandera   jersey   campo   deporte   pitch   worldcup   score   pays   esporte   caf   futebol   turf   equipe   jeuxolympiques   fútbol   gol   équipe   dribble   maillot   drapeau   correr   olympicgames   equatorialguinea   equipo   relva   jogosolímpicos   joueur   futbolista   país   lesport   coupedumonde   juegosolímpicos   gazon   césped   jogador   courir   resultado   eqg   copadomundo   partitura   copadelmundo   coupdepied   patear   driblar   nzalangnacional   chutá   marquerunbut   thenationslight   nationslight   nationssparkle   vevenacional   nuevoestadiodemalabo   
Guiné Equatorial Futebol gráfico, Guinea Ecuatorial Soccer Gráfico, Guinée Equatoriale Football Graphic
Recent Updated: 3 years ago - Created by SidewinderII - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - SidewinderII
Flickr Mandril (American Museum of Natural History)

American Museum of Natural History (Manhattan), New York City - New York/US.

"Mandril"
Ocorrência: Florestas tropicais do sul de Camarões, Gabão, Guiné Equatorial e Congo.
Nome binomial: Mandrillus sphinx
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Família: Cercopithecidae
Subfamília: Cercopithecinae
Gênero: Mandrillus
Espécie: M. sphinx

Recent Updated: 3 years ago - Created by Looiz - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Looiz
Flickr Boeing 737-700BJ República de Guiné Equatorial 3C-EGE


Recent Updated: 3 years ago - Created by CNF ao vivo - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - CNF ao vivo
Flickr Lula visita Guiné Equatorial, Gana, Benin e Nigéria 2


Recent Updated: 3 years ago - Created by Portal Mídia Livre - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Portal Mídia Livre
Flickr Lula visita Guiné Equatorial, Gana, Benin e Nigéria 3


Recent Updated: 3 years ago - Created by Portal Mídia Livre - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Portal Mídia Livre
Flickr @marcelosilksantos www.facebook.com/marcelosilksantos 01. Homem-Aranha – 2164 votos (103 vezes escolhido como 1°) 02. Capitão América – 1616 votos (43 vezes escolhido como 1°) 03. Demolidor (Matt Murdock) – 1006 (22) 04. Dr. Destino – 872 (15) 05. O Co
Tags: ouniversomarvelprincipalterramvcterraondesepassaosjogosmarvelvscapcom   marcelosilksantoswwwfacebookcommarcelosilksantos01homemaranha–2164votos103vezesescolhidocomo1°02capitãoamérica–1616votos43vezesescolhidocomo1°03demolidormattmurdock–10062204drdestino–8721505oco   stills   
@marcelosilksantos

www.facebook.com/marcelosilksantos

01. Homem-Aranha – 2164 votos (103 vezes escolhido como 1°)
02. Capitão América – 1616 votos (43 vezes escolhido como 1°)
03. Demolidor (Matt Murdock) – 1006 (22)
04. Dr. Destino – 872 (15)
05. O Coisa (Ben Grimm) – 850 (12)
06. Hulk – 730 (15 para Sr. Tira-Teima, 9 para “Professor Hulk”) (13)
07. Wolverine – 728 (10)
08. Gavião Arqueiro – 676 (17)
09. Thor – 605 (12)
10. Ciclope – 604 (13)
11. Homem de Ferro (Tony Stark) – 603 (11)
12. Noturno – 497 (12)
13. Magneto – 465 (7)
14. Dr. Estranho – 464 (12 )
15. Surfista prateado – 461 (8)
16. Fera – 456 (8)
17. Deadpool – 443 (13)
18. Lince Negra (Kitty Pryde) – 427 (9)
19. Homem-Múltiplo (Jamie Madrox) – 399 (11)
20. Jean Grey (Marvel GirlPhoenix) – 374 (13)
21. Justiceiro – 360 (8)
22. Rainha Branca (Emma Frost) – 332 (1)
23. Punho de Ferro – 325
24. Thanos – 287 (5)
25. Mulher-Hulk – 283 (9)
26. Ultimate Homem-Aranha– 261 (12)
27. Namor – 222 (2)
27. Nova – 222 (6)
29. Nick Fury – 221 (2)
30. Tempestade – 209 (3)
31. Colossus – 208 (2)
31. Galactus – 191 (4)
33. Luke Cage – 190 (1)
34. Adam Warlock – 186 (3)
35. Miss Marvel – 185
36. Vampira – 183 (2)
37. Mulher Invisível (Sue StormRichards) – 170 (1)
38. Molly – 167 (1)
39. Tocha Humana (Johnny Storm) – 163
40. Ultimate Capitão América – 161 (1)
41. Gambit – 147 (5)
42. Visão – 146
43. Mary Jane Watson – 144
44. Pantera negra – 137 (4)
45. Jessica Jones – 134 (3)
46. Homem de Gelo – 132 (5)
47. Howard the Duck – 131 (1)
48. J. Jonah Jameson – 130 (2)
49. Sr. Fantástico (Reed Richards) – 128
49. BuckySoldado Invernal– 128
01. Batman –2527 votos (118 como 1° colocado)
02. Superman – (All Star 100 votos [1 como 1°]) – 1326 votos (49 como 1° colocado)
03. Flash (Wally West) – 1275 (30)
04. Lanterna Verde (Hal Jordan) (1 para o Espectro) – 1091 (25)
05. Coringa – 797 (9)
06. RobinAsa Noturna (Dick Grayson) – 665 (11)
07. Arqueiro Verde(Oliver Queen) – 552 (12)
08. Mulher-Maravilha – 542 (13)
09. Robin (Tim Drake) – 502 (3)
10. Oráculo (Barbara Gordon) (79 (1) para Batgirl) – 470 (3)
11. Ajax (J’onn J’onzz) – 438 (5)
12. Gladiador Dourado – 428 (7)
13. Questão (Vic Sage) – 395 (4)
14. Starman (Jack Knight) – 376 (12)
15. Besouro Azul (Ted Kord) – 370 (6)
16. Lanterna Verde (Kyle Rayner) – 364 (6)
17. Rorschach – 363 (5)
18. Canário Negro – 352 (4)
19. John Constantine – 344 (8)
19. Lex Luthor (All Star – 11) – 344 (1)
21. Homem Animal – 325 (7)
21. Gavião Negro (Katar Hol – 47 (2), Carter Hall – 278 (4)) – 325 (6)
23. SonhoMorpheus – 322 (2)
24. Zatanna – 307 (3)
25. Lanterna Verde (Guy Gardner) – 303 (4)
26. Darkseid – 293 (3)
27. Capitão Marvel (Billy Batson) – 289 (5)
27. Poderosa – 289 (5)
29. Flash (Barry Allen) – 281 (4)
30. Aquaman (Orin) – 269 (6)
31. Mulher-Gato – 251 (1)
32. Jesse Custer – 230 (9)
33. Morte – 229 (2)
34. Spider Jerusalem – 225 (9)
34. Monstro do Pântano (Alec Holland) – 225 (3)
36. Nuclear (201 (4) for RonnieProfessor, 8 para RonnieArkadi) – 209(4)
37. Lanterna Verde (Alan Scott) – 196 (3)
38. Adão Negro – 195
39. Yorick Brown – 186 (2)
40. Exterminador – 171
41. Flash (Jay Garrick) – 170 (1)
42. Bart Allen ImpulsoKid Flash – 169 (5)
42. Bizarro – 169
44. Homem-Borracha – 163 (3)
45. Jonah Hex – 162 (5)
46. Ambush Bug – 157 (6)
47. Homem-Elástico (16 para Ralph e Sue) – 153 (1)
48. Espectro (Jim Corrigan) – 149 (1)
49. Sr. Milagre (Scott Free) – 147
50. Caçadora (Helena Bertenelli – 125 (2), Helena Wayne – 19) – 144 (1)
DeadpoolWade Wilson
Homem-AranhaPeter Benjamin Parker
Homem-FormigaHenry Hank Pym
Pantera NegraT'Challa
GambitRemmy LeBeau
PowermanLuke Cage
Homem de FerroTony Stark
Viúva NegraNatasha Romanoff
Mulher-AranhaJessica Drewn
Capitão AméricaSteve Rogers
CiclopeScott Summers
FeraHenry Mccoy
DemolidorMatt Murdock
Motoqueiro FantasmaJohnny Blaze
Lince NegraKitty Pryde
ElektraElektra Natchios
Homem de GeloBobby Drake
Surfista PrateadoNorrin Radd
ColossusPiotr Rasputin
Jean GreyGarota MarvelForça Fênix
Emma Frost
Namor
HulkBruce Banner
Gavião ArqueiroClint Bartoon
Feiticeira EscarlateWanda Maximoff
Visão
Thor Odinson
Hércules
JusticeiroFrank Castle
Punhos de AçoDaniel Randy
BladeErik Brooks
MantoTyrone Johnson
AdagaTandy Bowen
Ka-zar
Cavaleiro da LuaMarc Spector
Raio Negro
Star-LordPeter Quill
NovaRichard Rider
Mulher InvisivelSusan Storm
Mulher HulkJennifer Walters
NoturnoKurt Wagner
Vampira, Anna Marie
Dr. EstranhoStephen Strange
MercúrioPietro Maximoff
CrystalCristalys
Medusa
Miss MarvelCarol Danvers
PsylockeElisabeth Braddock
Tocha HumanaJonhy Storm
TempestadeOroro Munroe
WolverineLogan Howlett
Senhor FantásticoReed Richards
CoisaBen Grimm
ArcanjoWarren Worthington III
Alterniverse
Amalgam Comics
Dias de um Futuro Esquecido
Era do Apocalipse
Esquadrão Supremo
Exilados
Guardiões da Galáxia
Heróis Renascem
Marvel 2099
Marvel Age
Marvel Mangaverse
Marvel UK
MC2 (Marvel Comics 2)
Novo Universo
E se
Poder Supremo
Terra X () não confundir com a Terra X do Universo DC!
Ultimate Marvel
Ultraverso
What The--! (inicialmente, Star)
Guerra Infinita
X-Men Adventures (baseado nos X-Men A Série Animada)
X-Men Evolution (baseado nos desenhos animados X-Men Evolution)
X-Men O Filme (adaptação dos filmes dos X-Men)
Zumbiverso (Terra onde todos os Heróis foram transformados em Zumbis)
Marvel Apes Realidade onde existem as versões símias (macacos) dos heróis da realidade 616, o universo Marvel principal.
Terra MvC Terra Onde Se Passa Os Jogos Marvel Vs Capcom.
001. Led Zeppelin (525 pontos)
002. The Beatles (514 pontos)
003. Pink Floyd (506 pontos)
004. The Jimi Hendrix Experience (503 pontos)
005. Van Halen (496 pontos)
006. Queen (493 pontos)
007. The Eagles (479 pontos)
008. Metallica (468 pontos)
009. U2 (455 pontos)
010. Bob Marley and the Wailers (454 pontos)
011. The Police (451 pontos)
012. The Doors (450 pontos)
013. Stone Temple Pilots (446 pontos)
014. Rush (444 pontos)
015. Genesis (436 pontos)
016. Prince and the Revolution (435 pontos)
017. Yes (434 pontos)
018. Earth Wind and Fire (433 pontos)
019. The Bee Gees (428 pontos)
020. The Rolling Stones (418 pontos)
021. The Beach Boys (414 pontos)
022. Soundgarden (413 pontos)
023. The Who (412 pontos)
024. Steely Dan (411 pontos)
025. James Brown and the JBs (408 pontos)
026. AC/DC (400 pontos)
027. Fleetwood Mac (398 pontos)
028. Crosby, Stills, Nash and Young (396 pontos)
029. The Allman Brothers (394 pontos)
030. ZZ Top (392 pontos)
031. Aerosmith (391 pontos)
032. Cream (390 pontos)
033. Bruce Springsteen & The E Street Band (386 pontos)
034. The Grateful Dead (385 pontos)
035. Guns 'N Roses (381 pontos)
036. Pearl Jam (378 pontos)
037. Boston (377 pontos)
038. Dire Straits (363 pontos)
039. King Crimson (362 pontos)
040. Parliament Funkadelic (361 pontos)
041. Red Hot Chili Peppers (356 pontos)
042. Bon Jovi (355 pontos)
043. Dixie Chicks (353 pontos)
044. Foreigner (352 pontos)
045. David Bowie and The Spiders From Mars (351 pontos)
046. The Talking Heads (348 pontos)
047. Jethro Tull (347 pontos)
048. The Band (344 pontos)
049. The Beastie Boys (343 pontos)
050. Nirvana (342 pontos)
051. Rage Against The Machine (340 pontos)
052. Sly and the Family Stone (338 pontos)
053. The Clash (337 pontos)
054. Tool (335 pontos)
055. Journey (334 pontos)
056. No Doubt (332 pontos)
057. Creedence Clearwater Revival (328 pontos)
058. Deep Purple (325 pontos)
059. Alice In Chains (323 pontos)
060. Orbital (322 pontos)
061. Little Feat (321 pontos)
062. Duran Duran (320 pontos)
063. Living Colour (319 pontos)
064. Frank Zappa and the Mothers of Invention (318 pontos)
065. The Carpenters (317 pontos)
066. Audioslave (316 pontos)
067. The Pretenders (315 pontos)
068. Primus (314 pontos)
069. Blondie (313 pontos)
070. Black Sabbath (309 pontos)
071. Lynyrd Skynyrd (307 pontos)
072. Sex Pistols (306 pontos)
073. Isaac Hayes and the Movement (305 pontos)
074. R.E.M. (304 pontos)
075. Traffic (303 pontos)
076. Buffalo Springfield (302 pontos)
077. Derek and the Dominos (301 pontos)
078. The Jackson Five (299 pontos)
079. The O'Jays (298 pontos)
080. Harold Melvin and the Blue Notes (287 pontos)
081. Underworld (286 pontos)
082. Thievery Corporation (285 pontos)
083. Motley Crue (284 pontos)
084. Janis Joplin and Big Brother and the Holding Company (283 pontos)
085. Blind Faith (277 pontos)
086. The Animals (276 pontos)
087. The Roots (271 pontos)
088. The Velvet Underground (265 pontos)
089. The Kinks (262 pontos)
090. Radiohead (261 pontos)
091. The Scorpions (260 pontos)
092. Kansas (258 pontos)
093. Iron Maiden (257 pontos)
094. Motorhead (253 pontos)
095. Judas Priest (251 pontos)
096. The Orb (239 pontos)
097. The Cure (230 pontos)
098. Coldplay (229 pontos)
099. Slayer (225 pontos)
100. Black Eyed Peas (214 pontos)
Aaron Shust
Abraham Laboriel
Acappella
Across Five Aprils
Across the Sky
Adhemar de Campos
Adoração & Adoradores
Adorelle
Adriana
Aeroilis
Alan Jackson
Alda Célia
Aldrava
Aletheian
Alex e Alex
Alex Gonzaga
Aline Barros
All Star United
Alva
Amaury Fontenelle
Amy Grant
Anberlin
Anchor & Braille
André Olly
André Valadão
Andrea Fontes
Andrew Osenga
Andy Hunter
Andy Park
Antestor
Antidemon
Ao Cubo
Apocalipse 16
Apogeu
Arena Louvor
Aretha Franklin
Arianne
Arnion
As Cities Burn
As I Lay Dying
Asaph Borba
Ashley Cleveland
Aster 7
At The Close of Every Day
Audio Adrenaline
Audiolife
Audiovoltz
August Burns Red
Avalon
B – )

Balance of Power
Banda & Voz
Banda Criação
Banda Giom
Banda Subversus
Barlow Girl
Barry & Batya Segal
Bart Millard
Base Forte
Beatriz
Bebo Norman
Bem Harper
Betânia Lima
Bethany Dillon
Between the Trees
Big Surrender
Blank
Blessed By A Broken Heart
Blindside
Bloodgood
Boanerges
Bob Carlisle
Brandon Heath
Brave Saint Saturn
Brian “Head” Welch
Brian Littrell
Bride
Britt Nicole
Brooke Fraser
Brother Simion
Brown Feather Sparrow
Bruna Karla
Building 429
Burlap To Cashmere
C – )

Cacthus
Caedmon’s Call
Capital Lights
Carman
Carol Celico
Carrie Underwood
Cassiane
Castelo Forte
Casting Crowns
Catedral
Célia Sakamoto
Cellador
Central 7
Children 18:3
Chris Durán
Chris Tomlin
Christafari
Christy Nockels
Cia. de Jesus
Cindy Morgan
Código C
Comunidade da Vila da Penha
Comunidade de Nilópolis
Comunidade Ev. Int. Zona Sul
Cool Hand Luke
Copeland
Coral Lagoinha
Creed
Cristina Mel
Crombie
Crystal Lewis
CSD12
D – )

Damares
Damaris Reimann
Daniel e Samuel
Dany Grace
Darlene Zschech
Dashboard Confessional
Daughtry
Davi Sacer
David Crowder Band
David Phelps
David Quinlan
Day of Fire
Dayane Damasceno
dc Talk
Dead Poetic
Deas Vail
Death Poems
DecembeRadio
Decyfer Down
Déio Tambasco
Delirious
Deliverance
dElohim
Demon Hunter
Derek Webb
Desperation Band
Destroy the Runner
Diante do Trono
Disciple
Disco Praise
Discopraise
Divinefire
Dizmas
Dj Alpiste
Downhere
Dusty
E – )

East West
Edison Glass
Eisley
Elaine de Jesus
Elaine Martins
Eleventyseven
Elias Silva
Ellas
Elseworth
Emerson Pinheiro
Emery
Eowyn
Euber Medrado
Everyday Sunday
Extremocore
Eyshila
F – )

Fabiano Motta
Fabio Serafim
Falling Up
Família Soul
Family Force 5
Far Less
Felippe Valadão
Fernanda Brum
Fernandes Lima
Fernandinho
Fernando Cester
Filhos do Homem
Fireflight
Five Iron Frenzy
Flatfoot 56
FLG
Flordelis
Flyleaf
FM Static
Fogo Consumidor
Fruto Sagrado
Further Seems Forever
Fydell
G – )

Gálatas 5
Germán Pascual
Gerson Rufino
Glenn Kaiser Band
Golgotha
Graham Kendrick
Grammatrain
Group 1 Crew
Gs Megaphone
Guardian
H – )

Haste the Day
Hawk Nelson
HB
Heloisa Rosa
Henrique Cerqueira
Hillsong
Hillsong United
Hilquias
Holy Soldier
House of Heroes
I – )

Inhabited
Inhale Exhale
Israel And New Breed
Israel Houghton
Israel Salazar
Ivoryline
J – )

J-Remy
J. Neto
Jaci Velasquez
Jairinho
Jamily
Jars of Clay
Jennifer Knapp
Jeremy Camp
Jesus Culture
Jill Paquette
Jim Reeves
Jó 42
Joe Vasconcelos
John Reuben
John Schlitt
Jon Foreman
Jonezetta
Jonny Lang
Joy Electric
Joy Whitlock
Jozyanne
Juanita Bynum
Jump 5
Justin Fox Band
K – )

Kades Singers
Kari Jobe
Kate York
Katsbarnea
Kevin Max
Khorus
Kids In The Way
Kim
Kim Walker
Kirk Franklin
KJ-52
Kleber Lucas
Klethus
Krig
Krystal Meyers
Kutless
L – )

Larry Norman
Lauriete
Lázaro
Léa Mendonça
Leeland
Leigh Nash
Léo Fonseca
Leonardo Gonçalves
Liberty n’ Justice
Lifehouse
Living Sacrifice
Liz Lanne
Lost Ocean
Lovedrug
Lucas Souza
Luciano Manga
Ludmila Ferber
Luiz Arcanjo
Luiz Fontana
M – )

Mainstay
Mammuth
Mandy Moore
Manic Drive
Mara Lima
Mara Maravilha
Marcelo Aguiar
Marcelo Nascimento
Marcos Antônio
Marcos Witt
Mariana Valadão
Marina de Oliveira
Marquinhos Gomes
Marvin Sapp
Mary Mary
Mat Kearney
Matt Redman
Matthew West
Mattos Nascimento
Mercyme
Meredith Andrews
Metal Nobre
Metamorphus
Michael Sweet
Michael Tait
Michael W. Smith
Militantes
Ministério Duo Lux
Ministério Megafone
Ministério Sarando a Terra Ferida
Miss Angie
Mistheria
Mortification
Motion City Soundtrack
Mumsdollar
Mutemath
MxPx
Mychildren Mybride
N – )

Nani Azevedo
Narnia
Natalie Grant
Needtobreathe
Neil Diamond
Newsboys
Nichole Nordeman
Nicole C. Mullen
Nívea Soares
Norma Jean
Novo Som
Number One Gun
O – )

Oficina G3
Onix 8
Os Vegetais
Out of Eden
P – )

P.O.D.
Palavrantiga
Pamela
Paramaecium
Paramore
Parker Theory
Pastor Cirilo
Patmus
Paul Baloche
Paul Wright
Paulo César Baruk
Pedro The Lion
Petra
PG
Phonica
Pillar
Pimentas do Reino
Planetshakers
Plankeye
Planta e Raíz
PlayRadioPlay!
Plug Luminário
Plumb
Plus Salvation
Point Of Grace
Ponoka
Popgun
Praise Machine
Pregador Luo
Priscilla Alcantara
Project 86
Promises
Pyramaze
Q – )

Quarteto Alfa
Quatro Por Um
R – )

Rachael Lampa
Radial Angel
Radiohead
Rafael Araújo
Rafael Duarte
Ramah
Randy Travis
Raquel Novaes
Rayssa e Ravel
Rebanhão
Rebecca St. James
Red
Rede Ativa
Regis Danese
Relient K
Renascer Praise
Reparadores de Brechas
Resgate
Resurrection Band
Ricardo Robortella
Rich Mullins
RM6
Rob Rock
Robert Randolph
Robinson Monteiro
Rodolfo Abrantes
Rodox
Ron Kenoly
Rosa de Saron
Rose Nascimento
Ruah
Run Kid Run
Rush of Fools
S – )

Safepoint
Salvador
Sanctus Real
Sandi Patty
Sandra McCracken
Sandro Nazireu
Santa Geração
Sarah Kelly
Saviour Machine
Scott Stapp
Secret and Whisper
SeculuS
Sérgio Lopes
Seven Angels
Seven Day Jesus
Seven Places
Seventh Avenue
Seventh Day Slumber
Sha’ag
Shai Linne
Shane & Shane
Shawn McDonald
Shekinah Rap
Shirley Carvalhaes
Showbread
Since October
Sion
Sixpence None the Richer
Skillet
Sleeping At Last
Smalltown Poets
Sonicflood
Soraya Moraes
Soul Embraced
Sovereign Grace Ministries
Sparky’s Flaw
Spoken
Stacie Orrico
Starfield
Starlit Platoon
Starlla
Stauros
Stavesacre
Stellar Kart
Stephen Christian
Steven Curtis Chapman
Still Remains
Storge2
Story Side:B
Stryper
Superchick
Surrogate
Switchfoot
T – )

T-Bone
Talita Pagliarin
Tanlan
Tecla SAP
Tehilim Celtic Rock
Telecast
Tempero do Mundo
Templo Soul
Thalles
Thalles Roberto
The Afters
The Almost
The Becoming
The Brooklyn Tabernacle Choir
The Chariot
The Clark Sisters
The Classic Crime
The Devil Wears Prada
The Ember Days
The Fray
The Insyderz
The Juliana Theory
The Listening
The O.C. Supertones
The Rocket Summer
The Showdown
Third Day
Thousand Foot Krutch
Tim Hughes
Toby Mac
Todd Agnew
Toque no Altar
Tourniquet
Trans-Siberian Orchestra
Trazendo a Arca
Tree 63
Tribo de Louvor
Tribo do Funk
Trinitee 5:7
Trino
Tyle Burkum
U – )

U2
Underoath
Until June
V – )

Vineyard
Vineyard Brasil
Virgin Black
Virtud
Viviane Carvalho
Voices
Voz da Verdade
W – )

Waking Ashland
War Of Ages
Warrant
Warren Barfield
Wavorly
We Shot The Moon
Whitecross
Wiliam Nascimento
X-Barão
Xandy
Y – )

Yolanda Adams
Z – )

ZOEgirl
0-9 – )

12 Stones
4Him
China, Malásia e Taiwan, com significativos núcleos de falantes na África d Sul, Brunei, Camboja, Filipinas, Hong-Kong, Indonésia, Mangólia, Mianmar, Singapura, Tailândia, Vietnã e outros países.
02
Inglês [1]
Nat – 355,1 milhões
2ªL – 198,8 milhões
Tot – 553,9 milhões
África do Sul, Antígua e Barbuda, Austrália, Bahamas, Barbados, Belize, Botswana, Brunei, Camarões, Canadá (exceção de Quebec), Dominica, Estados Unidos, Gâmbia, Gana, Granada, Guiana, Hong-Kong, Ilhas Fiji, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Jamaica, Kiribati, Lesoto, Libéria, Malásia, Malawi, Malta, Maurícia, Micronésia, Namíbia, Nigéria, Nova Zelândia, Palau, Papua Nova Guiné, Quénia, Reino Unido, Ruanda, Samoa, Santa Lucia, Santo Cristovão e Nevis, São Vicente e Grenadinas, Seichelles, Sierra Leão, Somália, Sri Lanka, Suazilândia, Tanzânia, Tonga, Trinidade e Tobago, Tuvalu, Uganda, Vanuatu, Zâmbia e Zimbábue, com significativos núcleos de falantes em Bangladesh, Eritréia, Etiópia, Filipinas, Índia, Israel, Maldivas, Micronésia, Nauru, Paquistão, Singapura e outros países.
03
Espanhol
Nat – 298,7 milhões
2ªL – 49,4 milhões
Tot – 348,1 milhões
Argentina, Bolívia, Canárias, Ceuta, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Dominica, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, Melilha, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Porto Rico, Uruguai e Venezuela, com significativos núcleos de falantes em Belize, Estados Unidos, Costa do Marfim, Filipinas, França e outros países.
04
Hindi [2]
Nat – 288,6 milhões
2ªL – 39,2 milhões
Tot – 327,8 milhões
Índia (regiões Norte, Centro e Oeste do país).
05
Português
Nat – 236,1 milhões
2ªL – 36,8 milhões
Tot – 272,9 milhões
Angola, Brasil, Cabo Verde, Damão (Índia), Diu e Goa (India), Galiza (espanha), Guine-Bissau, Macau (China), Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Reino Unido, Canadá, África do Sul, Austrália, Japão, Paraguai, e outros países.
06
Russo [3]
Nat – 164,3 milhões
2ªL – 98,7 milhões
Tot – 263,0 milhões
Abecásia (Geórgia), Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Casaquistão, Estônia, Letônia, Lituânia, Moldávia (Gagáuzia e Transnístria), Quirguistão, Rússia, Tajiquistão, Transnístria (Moldávia), Turcomenistão, Ucrânia e Usbequistão, com significativos núcleos de falantes em Israel e outros países.
07
Francês [4]
Nat – 108,4 milhões
2ªL – 121,3 milhões
Tot – 229,7 milhões
Bélgica (Bruxelas e Valônia), Benim, Burkina Faso, Burundi, Camarães, Canadá, República Central Africana, Chad, Comoros, Congo (Brazzaville), Costa do Marfim, Côte d’Ivoire, Djibouti, Guadeloupe, Guine Equatorial, França, Polinesia Francesa, Gabão, Guiné, Guiné Equatorial, Haiti, Índia (Karikal, Punducherry), Itália (Vale de Aosta), Líbano, Luxembourg, Madagáscar, Mali, Martinica, Maurícia, Mônaco, Nova Caledônia, Nigéria, República Centro Africana, Ruanda, Senegal, Seychelles, Suíça (Berna, Cantão de Friburgo, Cantão de Genebra, Jura, Neuchâtel, Valais, Vaud), Togo, com significativos núcleos nos Estados Unidos (Louisiana, especialmente), Vanuatu, Reino Unido (Guernsey e Jersey) e outros países.
08
Bengalês
Nat – 199,7 milhões
2ªL – 16,1 milhões
Tot – 215,8 milhões
Bangladesh, Índia (Tripura, Bengala Ocidental e Assam).
09
Malaio/Indonésio [5]
Nat – 198,5 milhões
2ªL 4,7 milhões
Tot – 203,2 milhões
Indonésia, com significativos núcleos de falantes na Malásia, Filipinas (Sul), Timor Leste, Singapura, Nova Caledônia e outros países.
10
Alemão
Nat – 108,3 milhões
2ªL – 64,4 milhões
Tot – 172,7 milhões
Alemanha, Áustria, Bélgica (Cantão Oriental), França (região Alsácia e Lorena), Italia (Sul de Tirol Meridional e Namíbia), Liechtenstein, Luxemburgo, Polônia (Oppeln), Suíça (Aarfau, Appensell Exterior, Appenzell Interior, Basiléia-Campo, Basiléia-Cidade, Berna, Friburgo, Glarus, Lucerna, São Galo, Schaffhausen, Schwyz, Soleura, Zug, Zurique, Graubbden, Nidwald, Obwalden, Thurgau, Uri, Valais), com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Brasil (Sul), Argentina, Chile, Paraguai, Romênia, Lituânia, Rússia, Hungria, República Checa, Eslováquia, Lituânia e Eslovênia.
11
Japonês
Nat – 127,2 milhões
2ªL – 8,1 milhões
Tot – 135,3 milhões
Japão, Palau (Angaur), Guam, com significativos núcleos de falantes no Brasil, Estados Unidos (Havaí), Perú, Coréia do Sul, Taiwan, Ilhas Marshall e outros países.
12
Italiano
Nat – 73,4 milhões
2ªL – 41,9 milhões
Tot – 115,3 milhões
Croácia (Condado Istriano), Eslovênia, Itália, San Marino, Suíça (Graubbden, Tessino), com significativos núcleos na Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil (Sul), Canadá, Estados Unidos (Connecticut, Massachusetts, Nova Jersey, Nova Iorque, Rhode Island), França, Grécia, Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco, Uruguai, Vaticano e outros países.
13
Persa
Nat – 98,2 milhões
2ªL – 6,1 milhões
Tot – 104,3 milhões
Afeganistão, Irã e Tadjiquistão, com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Omã, Qatar, Uzbequistão e outros países.
14
Panjabi
Nat – 92,4 milhões
2ªL – 9,8 milhões
Tot – 102,2 milhões
Índia (Panjab) e Pakistão, com significativos núcleos de falantes no Quênia e Singapura.
15
Urdu [2]
Nat – 68,9 milhões
2ªL – 32,7 milhões
Tot – 101,6 milhões
Índia (Caxemira, Nova Delhi, Jammu e Uttar Pradesh), Paquistão e Afeganistão, com significativos núcleos de falantes na África do Sul, Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Reino Unido, Estados Unidos, Bahrain, Botswana, Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Malawi, Omã e Qatar.
16
Marata
Nat – 77,7 milhões
2ªL – 13,4 milhões
Tot – 91,1 milhões
Índia (Maharashtra, Damão e Diu, Goa), com significativos núcleos de falantes nas Ilhas Maurícius.
17
Turco
Nat – 72,4 milhões
2ªL – 17,8 milhões
Tot – 90,2 milhões
Bulgária (província de Kurdzhali e áreas do Sul e Oeste), Chipre e Turquia, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Austrália, Áustria, Geórgia, Grécia, Países Baixos, Irã, Moldávia, Macedônia, Síria, Azerbaijão e outros países.
18
Telugu
Nat – 72,8 milhões
2ªL – 8,1 milhões
Tot – 80,9 milhões
Índia (Andhra Pradesh, distrito de Yanam), com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Singapura e outros países
19
Árabe Egípcio [6]
Nat – 48,7 milhões
2ªL – 31,8 milhões
Tot – 80,5 milhões
Egito, Iraque, Israel, Jordânia, Kuwait, Líbia, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Yemen, com significativos núcleos de falantes na Inglaterra, Estados Unidos e outros países
20
Javanês
Nat – 77,8 milhões
2ªL – 2,5 milhões
Tot – 80,3 milhões
Indonésia, Java e Bali
21
Chinês Wu
Nat – 76,4 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 78,3 milhões
China (Xangai, Zhejiang, Jiangsu, Xuancheng e Anhui), Taiwan, Singapura e Hong Kong.
22
Coreano
Nat – 76,7 milhões
2ªL – 1,4 milhões
Tot – 78,1 milhões
Coréia do Norte, Coréia do Sul e China (Yanbian), com significativos núcleos de falantes na Austrália, Estados Unidos (Guam, Havaí, Marianas Setentrionais), Japão, Brasil e outros países.
23
Tailandês
Nat – 31,8 milhões
2ªL – 41,5 milhões
Tot – 73,3 milhões
Tailândia e Laos.
24
Vietnamita
Nat – 69,1 milhões
2ªL – 4,1 milhões
Tot – 73,2 milhões
Vietnã, com significativos núcleos de falantes na Austrália, Camboja, Estados Unidos (Califórnia), França (Nova Caledônia), Laos, Noruega, Vanuatu e outros países.
25
Chinês Yuè (Cantonês)
Nat – 69,7 milhões
2ªL – 2,5 milhões
Tot – 72,2 milhões
China (Sul e Sudeste), com significativos núcleos de falantes em Cantão, Hong Kong e outros países.
26
Tamil
Nat – 65,7 milhões
2ªL – 6,1 milhões
Tot – 71,8 milhões
Índia (Tamil Nadu, distritos de Karaikal e Pondicherry), Singapura, Sri Lanka e Myanmar, com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Malásia, Indonésia, Vietnã, França (Reunião), Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Malásia e outros países.
27
Árabe Magrebino [7]
Nat – 53,5 milhões
2ªL – 8,9 milhões
Tot – 62,4 milhões
Marrocos, Tunísia, Argélia e Líbia, com significativos núcleos de falantes na França, Holanda, Itália, Espanha e outros países
28
Chinês Min Nan
Nat – 48,2 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 50,9 milhões
China e Taiwan, com significativos núcleos de falantes em Brunei, Filipinas, Indonésia, Malásia, Singapura e Tailândia.
29
Polonês
Nat – 43,6 milhões
2ªL – 6,5 milhões
Tot – 50,1 milhões
Polônia, com significativos núcleos de falantes na Bielorrússia, Estados Unidos (Connecticut, Illinois, Nova Jérsei), Israel, Letônia, Lituânia, Ucrânia, Cazaquistão, República Tcheca, Alemanha, Romênia, Eslováquia, Rússia, Brasil (Sul) e outros países.
30
Guzerate
Nat – 47,4 milhões
2ªL – 1,9 milhões
Tot – 49,3 milhões
Índia (Guzerate, Damão e Diu e Dadrá e Nagar-Haveli), com significativos núcleos de falantes na África do Sul, Uganda, Tanzânia, Quênia, Paquistão, Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia, Fidji e Canadá.
31
Chinês Jin Yu
Nat – 43,3 milhões
2ªL – 3,6 milhões
Tot – 46,9 milhões
China e Taiwan.
32
Ucraniano
Nat – 42,7 milhões
2ªL – 3,9 milhões
Tot – 46,6 milhões
Ucrânia e Transnístria (Moldávia), com signitifcativos núcleos de falantes na Rússia, Polônia, Eslováquia, Romênia, Brasil, Estados Unidos, Portugal e outros países
33
Haúça
Nat – 25,2 milhões
2ªL – 16,9 milhões
Tot – 42,1 milhões
Nigéria, Benim, Burkina Foso, Camarões, Gana, Sudão e Togo
34
Canará
Nat – 33,7 milhões
2ªL – 8,0 milhões
Tot – 41,7 milhões
Índia (Karnataka).
35
Pashto
Nat – 31,4 milhões
2ªL – 9,7 milhão
Tot – 41,1 milhões
Afeganistão (Sudeste e Noroeste) e Paquistão (Oeste), com significatios núcleos de falantes na Índia
36
Chinês Xiang
Nat – 37,2 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 39,9 milhões
China.
37
Árabe Levantino [8]
Nat – 34,8 milhões
2ªL – 4,5 milhões
Tot – 39,3 milhões
Líbano, Síria, Jordânia, Israel, Gaza, Judeia e Sesmaria (Leste) e Jordânia (Oeste), com significativos núcleos de falantes no Kuwait, Iraque e outros países.
38
Malaiala [9]
Nat – 34,9 milhões
2ªL – 4,2 milhões
Tot – 39,1 milhões
Índia (Kerala, Lakshadweep e Mahe), com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Singapura e outros países.
39
Chinês Hakka
Nat – 35,1 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 36,3 milhões
China, com significativos núcleos de falantes em Brunei, Indonésia, Malásia, Panamá, Singapura, Suriname, Taiwan e Tailândia
40
Berber
Nat – 31,4 milhões
2ªL – 4,6 milhões
Tot – 36,0 milhões
Argélia, com significativos núcleos de falantes na Tunisia, Líbia, Egito, Mauritania, Nigéria, Saara Ocidental, Mali, França, Bélgica, Espanha, Estados Unidos e Canadá.
41
Amárica
Nat – 28,2 milhões
2ªL – 7,4 milhões
Tot – 35,6 milhões
Etiópia e Israel
42
Oromo
Nat – 33,8 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 35,4 milhões
Etiópia e Kênia
43
Birmanês
Nat – 33,5 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 35,1 milhões
Mianmar
44
Oriá
Nat – 32,0 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 34,3 milhões
Índia (Orissa), Mendipur (Bengala Ocidental), distrito de Saraikela Kharsawan (Jharkhand) e em Guzerate.
45
Nepali
Nat – 26,1 milhões
2ªL – 7,6 milhões
Tot – 33,7 milhões
Nepal, Índia e Butão
46
Sundanês
Nat – 26,8 milhões
2ªL – 6,8 milhões
Tot – 33,6 milhões
Indonésia
47
Bhojpuri
Nat – 28,7 milhões
2ªL – 4,1 milhões
Tot – 32,8 milhões
Índia e Nepal.
48
Tagalo
Nat – 23,7 milhões
2ªL – 8,2 milhões
Tot – 31,9 milhões
Filipinas (Sul e Centro de Luzon)
49
Romena
Nat – 27,4 milhões
2ªL – 3,9 milhões
Tot – 31,3 milhões
Romênia e Moldávia, com significativos núcleos de falantes na Sérvia, Estados Unidos e outros países
50
Curdo
Nat – 29,8 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 31,0 milhões
Iraque, Irã, Turquia e Síria, com significativos núcleos de falantes no Egito, Israel, Irã, Jordânia e Líbano.
51
Haryanvi
Nat – 28,1 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 29,9 milhões
Índia (Haryana) e Paquistão
52
Holandesa
Nat – 24,8 milhões
2ªL – 1,7 milhão
Tot – 26,5 milhões
Holanda, Bélgica (Norte), França (Nordeste), Suriname, Antilhas Holandesas e Aruba, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Indonésia, África do Sul e outros países.
53
Azeri
Nat – 24,0 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 26,1 milhões
Azerbaijão, Irã, partes de países vizinhos como: Geórgia, Rússia, Iraque, Turquia e Ucrânia.
54
Yoruba
Nat – 23,6 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 25,9 milhões
Nigéria, Benim, Togo e Serra Leão
55
Servo-croata
Nat – 22,9 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 24,5 milhões
Sérvia, Montenegro, Croácia, Bósnia e Herzegovina, com significativos núcleos de falantes na Albânia, Áustria, Hungria, Itália, Romênia, Rússia, Eslovênia, Turquia e Macedônia.
56
Uzbeque
Nat – 21,9 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 23,3 milhões
Uzbequistão e Quirguistão, com significativos núcleos de falantes no Afeganistão, Cazaquistão, Turcomenistão, Tadjiquistão, Rússia, China, Turquia, Arábia Saudita e Estados Unidos
57
Chinês Gan
Nat – 20,8 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 22,6 milhões
China (regiões de Fujian, Anhui e Hubei).
58
Assamês
Nat – 21,5 milhões
2ªL – 1,0 milhão
Tot – 22,5 milhões
Índia, Bangladesh e Butão.
59
Sindhi
Nat – 20,4 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 22,2 milhões
Índia, Paquistão (Sudeste).
60
Malagasy
Nat – 17,1 milhões
2ªL – 4,7 milhões
Tot – 21,8 milhões
Madagascar, Reunião (França), Comores, Mayotte
61
Khme
Nat – 19,8 milhões
2ªL – 1,3 milhão
Tot – 21,1 milhões
Camboja e Vietnã, com significativos núcleos de falantes na Tailândia, Taiwan, Estados Unidos e Austrália.
62
Igbo
Nat – 18,4 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 20,3 milhões
Nigéria
63
Árabe Sa’ide
Nat – 18,3 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 19,7 milhões
Egito (Sul de Cairo até a fronteira com o Sudão)
64
Árabe Sudanês
Nat – 18,1 milhões
2ªL – 1,5 milhão
Tot – 19,6 milhões
Sudão.
65
Grego
Nat – 14,9 milhões
2ªL – 3,8 milhões
Tot – 18,7 milhões
Grécia e Chipre, com significativos núcleos de falantes no Reino Unido e nos Estados Unidos.
66
Saraiqui
Nat – 17,6 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 17,8 milhões
Paquistão, com significativos núcleos de falantes na Índia
67
Somali
Nat – 16,3 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 17,7 milhões
Somália, Etiópia, Quênia e Djibuti
68
Cebuano
Nat – 16,3 milhões
2ªL – 0,1 milhão
Tot – 16,4 milhões
Filipinas
69
Húngara
Nat – 14,9 milhões
2ªL – 1,3 milhão
Tot – 16,2 milhões
Hungria, Áustria, Israel, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Ucrânia, Sérvia
70
Chitagônio
Nat – 14,0 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 16,1 milhões
Bangladesh, Mianmar.
71
Árabe Mesopotânico
Nat – 13,5 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 15,8 milhões
Iraque e Síria (Sul), com significativos núcleos de falantes no Irã e Turquia.
72
Chinês Zhuang
Nat – 13,1 milhões
2ªL – 2,2 milhões
Tot – 15,3 milhões
China
73
Madura
Nat – 14,2 milhões
2ªL – 1,1 milhão
Tot – 15,3 milhões
Ilha Madura (Indonésia), ilhas Kangean e Sapudi e em Java Oriental (Leste)
74
Fula
Nat – 13,3 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 15,2 milhões
Benim, Burkina Faso, Camarões, Chade, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Mali, Mauritânia, Nigéria, República, Centro-africana, Senegal, Serra Leoa, Sudão e Togo.
75
Shinhala
Nat – 14,0 milhões
2ªL – 1,1 milhão
Tot – 15,1 milhões
Sri Lanka e Índia, com significativos núcleos de falantes na Inglaterra e Estados Unidos.
76
Kazakh
Nat – 10,9 milhões
2ªL – 2,8 milhões
Tot – 13,7 milhões
Cazaquistão, com significativos núcleos de falantes na China, Mongolia, Afganistão, Tajikistão, Turquia, Turkmenistão, Ucrânia, Uzbekistão, Rússia e Irã.
77
Sueco
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 3,6 milhões
Tot – 13,4 milhões
Suécia e Finlândia, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Canadá, Argentina e Austrália.
78
Marwari
Nat – 12,9 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 13,2 milhões
Índia
79
Theca
Nat – 11,5 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 12,9 milhões
República Tcheca, com significativos núcleos de falantes na Áustria, Bulgária, Canadá, Israel, Polônia, Eslováquia, Ucrânia e Estados Unidos.
80
Hiligaynon
Nat – 9,4 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 12,1 milhões
Filipinas (Visayas).
81
Magahi
Nat – 11,3 milhões
2ªL – 0,6 milhão
Tot – 11,9 milhões
Índia (Sul de Bihar).
82
Criolo Haitiano
Nat – 8,9 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 11,6 milhões
Haiti, com significativos núcleos de falantes no Canadá, Estados Unidos, França, República Dominicana, Cuba e Bahamas.
83
Quíchua
Nat – 10,9 milhões
2ªL – 0,4 milhão
Tot – 11,3 milhões
Peru, Bolívia, Equador, Chile, Colômbia e Argentina.
84
Chatisgarri
Nat – 11,0 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 11,2 milhões
Índia (Chhattisgarh).
85
Uyghur
Nat – 8,3 milhões
2ªL – 2,9 milhões
Tot – 11,2 milhões
China, Kazaquistão, Paquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Afganistão.
86
Deccan
Nat – 10,4 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 11,1 milhões
Índia.
87
Chinês Min Bei
Nat – 8,8 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 10,9 milhões
China, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos (Califórnia).
88
Uigur
Nat – 8,7 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 10,8 milhões
China (Xinjiang), com significativos núcleos de falantes no Afeganistão, Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Bélgica, Canadá, Estados Unidos, Indonésia, Mongólia, Paquistão, Reino Unido, Quirguistão, Suécia, Taiwan, Tadjiquistão, Turquia e Uzbequistão.
89
Bielorrussa
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 10,5 milhões
Bielorrússia e Polônia.
90
kinyarwanda
Nat – 9,3 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 10,5 milhões
Ruanda, Congo, Uganda.
91
Ilokano
Nat – 8,1 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 10,4 milhões
Filipinas e Havai.
92
Hebraico
Nat – 6,1 milhões
2ªL – 4,2 milhões
Tot – 10,3 milhões
Israel, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Gibraltar, Canadá, Bélgica, França, Argentina, Reino Unido, Alemanha, Rússia e diversos outros países.
93
Búlgaro
Nat – 9,7 milhões
2ªL – 0,5 milhão
Tot – 10,2 milhões
Bulgária, Grécia, Moldávia, Romênia, Turquia, Sérvia e Montenegro e Macedónia.
94
Árabe Najdi
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 10,1 milhões
Arábia Saudita, com significativos núcleos de falantes na Jordânia, Iraque e Síria.
95
Zulu
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,1 milhão
Tot – 9,9 milhões
África do Sul, Lesoto, Moçambique, Suazilândia, Zimbabué.
96
Akan
Nat – 9,1 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 9,3 milhões
Gana e Suriname.
97
Árabe do Golfo
Nat – 8,2 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 8,9 milhões
Kuwait, parte da Arábia, Bahrain, Qatar, Emirados Árabes Unidos e Omã.
98
Shona
Nat – 8,3 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 8,5 milhões
Zimbábue, Zâmbia, Botsuana e Moçambique.
99
Tatar
Nat – 8,1 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 8,4 milhões
Rússia.
100
Fulfulde
Nat – 7,8 milhões
2ªL – 0,5 milhão
Tot – 8,3 milhões
Nigéria.
X
Total
Nat – 5.769,6 bilhões
2ªL – 1.319,2 bilhão
Tot – 7.088,8 bilhões
Planeta Terra
Nat = Nativo, 2ªL = Segunda linguagem e Tot = Total
Notas
[1] O inglês é o segundo idioma mais falado do mundo (falantes nativos e outros que o usam como segundo idioma), mas é o primeiro idioma mais usado no mundo nas áreas: científica, comercial, diplomática, acadêmica, produção literária, internet, TV, Rádio, Jornal, etc.
[2] O Hindi é relacionado aqui separado do Urdu por ser idioma diferente. O Hindi usa a caligrafia Devanagari, com extenso vocabulário herdado do Sânscrito e o Urdu usa a caligrafia Nastaliq, com extenso vocabulário de origem perso-arábica. Apesar disto possuem milhares de palavras compreensiveis entre si; por isto alguns lingüistas afirmamem ser o mesmo idioma – que o denominam de Hindustani – em duas diferentes formas de escrita.
[3] A quantidade de falantes da língua Russa como segundo idioma está reduzindo nos últimos anos em virtude de ter sido ablida “a obrigatoriedade do estudo desse idioma nos antigos países satélites da URSS”.
[4] O elevado número de pessoas que usam o Francês como segundo idioma é justificado por estudiosos como sendo resultado de diversos fatores, entre os quais: “…colonizações no passado, ter sido o idioma diplomático internacional até metade do século 20, rica produção cultural, eficientes atuações das alianças francesas, etc.”
[5] O Malaio que na Indonésia é denominado de língua Indonésia é o principal idioma dos povos que habitam a penísula Malaia e a Indonésia. Também é denominada de língua Malaia em Cingapura, Brunei e sul da Tailândia.
[6] O árabe egípcio é a mais difundida forma da língua árabe em virtude da proliferação de filmes e outras produções culturais e partir do Cairo (desde o início do século 20) e o grande número de professores egípcios que foram contratados para lecionar em diversos países, especialmente na penísula arábica.
[7] O árabe Magrabino, chamado pelos falantes de “Derija” (que significa dialeto), é baseado no árabe, francês e espanhol e possui uma séria de dialetos – a maioria compreensíveis entre si. É o idioma/dialeto predominante na região de Magrebe – região no Norte da África, deserto do Saara e Oeste do Nilo.
[8] A maioria dos vocábulos do árabe Levantino é árabe, mas centenas de outras são de origem turca, persa, francesa, inglesa e italiana.
[9] Malaiala não é malaio, que se fala na Malásia.

Fontes
01. Languages of the World – Languages Listing
02. David P Brown – Top 100 Languages by Population
03. G. Weber, “Top Languages“
04. CIA – World Factbook
05. UNESCO – Education
05. Index Mundi
06. Ethnologue: Languages of the World
07. Ethnologue – Languages of the World
08. Kryss Tal – The 30 Most Spoken Languages of the World
09. The World’s Most Widely Spoken Languages
10. 123 World Languages
11. Geographic Org – The 50 Most Widely Spoken Languages
12. Wikipedia – List of languages by number of native speakers

Recent Updated: 3 years ago - Created by Marcelo Silk Areado - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Marcelo Silk Areado
Flickr Marine
Tags: portrait   woman   sexy   girl   vintage   model   marine   femme   pinup   rétro   
Test modèle photo France

África
África do Sul,Cidade do Cabo,Joanesburgo,Pretória,Durban,
Porto Isabel,East London,Bloemfontein,Kimberley,Upington,
Cidade do Sol,*,Angola,Luanda,Ambriz,Benguela,Caála,
Cabinda no enclave de cabinda,Caluquembe,Camabatela,
Camacupa,Caxito,Chibia,Chissamba,Cuchi,Cuima,Dondo,
Gabela,Ganda,Gunza,Huambo,Jamba,*,Argélia,Argel,Orã,Constantina,Annaba ,Batna,Blida,Setif,Chlef,Djelfa,Sidi Bel Abbès,Biskra,Tebessa,Tiaret,Ouargia,Bugia,Skikda,Tlemcen, Bordj Bou Arreridj,Béchar,Médéa,*,Benin,Cotonou,Porto Novo,Godomey,Parakou,Abomey-Calavi,*,Botswana,
Botsuana,Gaborone,Francistown,Molepolole,Selibe-Phikwe,Maun,*,__Burqui na,Uagadugu,Bobo Dioulasso,Koudougou,Ouahigouya,Banfora ,*,Burundi,Bujumbura,Muyinga,Ruyigi,Gitega,Ngozi,*,Camarões, Yaoundé,Douala,Garoua,Bamenda,Maroua,Bafoussam,*,Cabo Verde,Praia,Assomada,Cidade Velha,Espargos ,Mindelo, Porto Novo , Santo Antão,Santa Maria, São Filipe, Fogo,*,Chade,Ndjamena,Moundou,Sarh,Abéché,Kélo,*,Congo,Brazzaville,Poi nte-Noire,Loubomo,Nkayi,Loandjili,*,Costa do Marfim,Abidjan,Bouaké,Daloa,Yamoussoukro,San-Pédro,Korhogo,*,Djibuti,D jibouti,Ali Sabieh,*Egito,Cairo,Abnoub,Alarixe,Alexandria,Al-Mahalla Al-Kubra,Almançora,Assiut,Assuã,Banha,Beni Suef,Berenice,
Bilbeis,Bubástis,Damanhur,Damieta,Edfu,El-Adwah,El-Tor,
Esna,Faium,Gizé,Hurghada,Ismaília,Kafr el-Sheikh,
Kom Ombo,Minya,Nag Hammadi,Oxirrinco,Papremis
Porto Fuad,Porto Said,Qina,Roseta,Sallum,Sharm el-Sheikh,
Shubra El-Kheima,Sohag,Suez,Tanta,Tmuis,Wadi El Natrun,Xibin El Kom,Zagazig,*,Eritréia,Asmara,*,Etiópia,Adis Abeba,Dire Dawa,Nazret,Gondar,Mekele,Dese,Bahir Dar,Jima,*,Gabão,Libreville,
*,Gâmbia,Banjul,Janjanbureh ,*,Gana ,Kumasi,Sunyani,Cape Coast,Koforidua,Accra,Tamale,Bolgatanga,*,Guiné Equatorial,Bata,Malabo,*,Guiné-Bissau,Bissau, Bafatá,*,Lesoto,Maseru,Teyateyaneng,*,Libéria,Bensonville, Monróvia,*,Líbia,Trípoli,Banghazi,rataMis,*,Malauí,Malawi,Lilongwe,Bla ntyre,*,Mali,Bamako,Sikasso,Mopti,Ségou,*,Marrocos,Rabat, Agadir,Casablanca, Fez, Marrakech,
Meknès,*,Mauritânia,Moçambique,Namíbia,Níger,Nigéria,Quênia,República Centro-Africana,Ruanda,Saara Ocidental,Senegal,Serra Leoa,Somália,Suazilândia,Manzini,Mbabane,Mhlume,Big Bend,Malkerns,Nhlangano,Sudão,Tanzânia,Togo,Tunísia,Tunes,Uganda,Kampa la,Arua, Entebbe,Masindi,Zâmbia,Lusaka,Kitwe,Ndola,Kabwe,Chingola,Zimbábue,Hara re,Bulawayo,Chitungwiza,Mutare,Gweru,
,América
Antígua e Barbuda,Argentina,Buenos Aires,Córdoba,Santa Fé,Mendoza,Tucumán,Entre Ríos,Salta,Misiones,Chaco,Corrientes,Bahamas,Nassau,Freeport,Barbados, Belize,*,Bolívia,Santa Cruz de la Sierra,El Alto,La Paz,Cochabamba,Oruro,Sucre,Tarija,Potosí,Sacaba,Quillacollo,♥,Brasil,( Brasília),Brazil,Brasília,Canadá,Ottawa,Ontário,Quebec,Colúmbia Britânica,Alberta,Manitoba,Saskatchewan,Nova Escócia,Nova Brunswick,Terra Nova e Labrador,
Ilha do Príncipe Eduardo,Territórios do Noroeste,Yukon, Nunavut,-,Chile,Santiago,Puente Alto,Concepción,Viña del Mar,Antofagasta,Valparaíso,Talcahuano,San Bernardo,
Temuco,Iquique,Rancagua,Talca,Arleica,Puerto pum tuerto,
Coquimbo,_,Colômbia,Bogotá,Medellín,Cáli,Barranquilla,Cartagena das Índias,Cúcuta,Bucaramanga,Ibagué,Soledad,Pereira,Costa Rica,San José,Cuba,Havana ,Santiago de Cuba,Camagüey,Holguín,Santa Clara,Guantánamo,Bayamo,Las Tunas,Cienfuegos,Pinar del Río,Manzanillo,Matanzas,Ciego de Ávila,Sancti Spíritus,Cárdenas,Palma Soriano,Sagua la Grande,Moa,
Florida,(Havana),Dominica,Equador,El Salvador,Estados Unidos,USA,Estados Unidos das Américas,Estados Unidos,Nova Iorque,Los Angeles,Chicago,Houston,Filadélfia,(Washington),Granada,Guatemala,Cida de da Guatemala,
Amatitlán ,Antigua Guatemala,Chinautla ,Chichicastenango,
Chimaltenango,Chiquimula,Cobán,Escuintla,Flores,Huehuetnango,Jalapa,Li vingston,Mazatenango,Puerto Barrios,
Puerto San José,Quetzaltenango,Rabinal,Retalhuleu,*,
Guiana,Haiti,Honduras,Jamaica,México,Cidade do México,Nicarágua,Panamá,Paraguai,Peru,Lima,República Dominicana,São Cristóvão e Névis,Santa Lúcia,São Vicente e Granadinas,Suriname,Trindade e Tobago,Uruguai,Montevidéu,Salto,Paysandú,Ciudad de la Costa,Las Piedras,Rivera,Maldonado,Tacuarembó,Melo,Mercedes,Venezuela,Caracas,.A cariguaAltagracia de Orituco,Anaco,Araure,
Bachaquero,Barcelona,Barinas,Barquisimeto,Baruta,Cabimas,Cabudare,Cagu a,Calabozo,Cantaura,Caraballeda,Carora,
Carrizal,Carúpano,Catia La Mar,Caucagüita,Chacao,Charallave,Chivacoa,Ciudad Bolívar,
Ciudad Guayana,Ciudad Ojeda,Cúa,Cumaná,Ejido,El Cafetal,
El Hatillo,El Limón,El Tigre,El Tocuyo,El Vigía,Guacara,
Guanare,Guarenas,Guasdualito,Guatire,Güigüe,La Asunción,La Dolorita,La Guaira,La Victoria,Las Tejerías,
Los Dos Caminos,Los Rastrojos,Los Teques,Machiques,
Maiquetía,Maracaibo,Maracay,Mariara,Maturín,Mérida,
Moron,Ocumare del Tuy,Palo Negro,Petare,Porlamar,
Puerto Ayacucho,Puerto Cabello,Puerto la Cruz,Punta Cardón,
Punto Fijo,Quíbor,Rubio,San Antonio de los Altos,
San Antonio del Tachira,San Carlos,San Carlos del Zulia,
San Cristóbal,San Felipe,San Fernando de Apure,San Joaquín,San José de Guanipa,San Juan de Colón,
San Juan de los Morros,San Mateo,Santa Ana de Coro,
Santa Rita,Santa Teresa del Tuy,Tacarigua,Táriba,Tinaquillo,
Trujillo,Tucupita,Turmero,Upata,Valencia,Valera,Valle de la Pascua,Villa Bruzual,Villa de Cura,Villa del Rosario,Villa Rosa,
Yaritagua,Zaraza,
Ásia
Afeganistão,Arábia Saudita,Azerbaijão,Barein,Bangladesh,Brunei,
Butão,Camboja,Cazaquistão,República Popular da China,China,Pequim,Beijing,Shanghai,Shenzhen,Dongguan,Guangzhou,Chengd u,Wuhan,Hangzhou,Dalian,Suzhou,Chunquim,Chipre,
Cingapura,
Coréia do Norte,
Coréia do Sul,Seul,Egito,Emirados Árabes Unidos,Filipinas,Geórgia,Iémen, Índia,Délhi,Bangalore,Hyderabad,Chennai,Surat,Calcutá,Ahmedabad,Mumbai ,Pune,Jaipur,Lucknow,Kanpur,Nagpur,Indore,Thane,Bhopal,Visakhapatnam,P impri-Chinchwad,Patna,Ghaziabad,Ludhiana,Agra,Nashik,Faridabad,Jamshed pur,Meerut,Rajkot,Kalyan,Vasai-Virar,Varanasi,Srinagar,Aurangabad,Dhan bad,Amritsar,Navi Mumbai,Allahabad,Ranchi,Howrah,Coimbatore,Jabalpur,Gwalior,Vijayawada, Jodhpur,Madurai,Raipur,Kota,Indonésia,Jacarta,Irã,Iraque,Israel, Japão,Tóquio,Japan,Tokyo,Yokohama,Nagoya,Osaka,Sapporo,Kobe,Kyoto,Fuku oka,Kawasaki,Saitama,Hiroshima,Sendai,Jordânia,Kuwait,Laos,Vienciana,L íbano,Maldivas,Malásia,
Mongólia,Ulan Bator,Myanmar,Nepal,Catmandu,Omã,Paquistão,Karachi,Lahore,Faisalabad,R awalpindi,Multan,Hyderabad,Gujranwala,Peshawar,Qatar,Al Wakrah,Al Khor,Al Khuwayr,Ar Rayyan,
Ar Ru'ays,Doha ,Dukhan,Ras Laffan,Umm Bab,Umm Salal 'Ali,Umm Salal Muhammad,Quirguistão,Российская Федерация,Rússia,Moscou,
São Petersburgo,Novosibirsk,Ecaterimburgo,Nijni Novgorod,Samara,Omsk,Kazan,Tcheliabinsk,Rostov do Don,Ufa,Volgograd,Perm,Krasnoiarsk,Voronej,Saratov,Krasnodar,Togliatti ,Izhevsk,Ulianovsk,Barnaul,Vladivostok,Iaroslavl,Irkutsk,Tiumen,Síria, Sri Lanka,Colombo,Dehiwala-Mount Lavinia,Kotte,Tadjiquistão,Dushanbe,Gharm,Isfara,Khorog,
Khujand,Kofarnihon,Konibodom,Kulyab,Murghob,Qurghonteppa,Panjakent,Par khar,Pyandj,Shaartuz,Tursunzoda,Ura-Tyube,Istaravshan,Tailândia,Chiang Mai,Banguecoque,Taiwan,Hualien,花蓮縣,Nantou,南投縣,Taitung,Kaohsiung,Pingtu ng,Yilan,Taichung,Tainan,Chiayi,Taipei,Timor-Leste,Díli ,Baucau ,Daré ,Ermera ,Maliana ,Turcomenistão,Aşgabat,Daşoguz,Tejen,Turquia,Istambul,Ankara,Izmir,Bur sa,Adana,Konya,Gaziantep,Kayseri,Mersin,Antalya,-,Uzbequistão,Tashkent ,Andijon,Namangan,Samarcanda,-,Vietnã,Vietname,Hanói,Can Tho,Da Nang,Haiphong,Cidade de Ho Chi Minh,
Europa
Albânia,Tirana,Durrës,Elbasani,Escodra,Vlorë,Alemanha,Berlim,Hamburgo, Colônia,Frankfurt,Munique,Stuttgart,Dortmund, Dusseldorf,Essen,Bremen,Hanôver,Leipzig,Dresden, Nuremberg,Duisburg,Bochum,Wuppertal,Bielefeld,Bonn,Mannheim,Andorra,An dorra-a-Velha, Les Escalades,Encamp,Sant Julià de Lòria,La Massana,El Serrat,Meritxell,Santa Coloma,Soldeu,Armênia,Erevan,Arménia,Áustria,Azerbaijão, ,Bielorrússia,Bélgica,Bósnia,Bulgária,Sofia,Plovdiv,Varna,Burgas,Rouss e,República Tcheca,Cazaquistão,Chipre,Croácia,Dinamarca,Eslováquia,
Eslovênia ,Espanha,Barcelona,Valência,Sevilha,Saragoça,Madrid,Estônia,Finlândia, finland,França,Paris,Marselha,Lyon,Toulouse,Nice,Grécia,Geórgia,Hungri a,
Irlanda,Islândia,Itália,Roma,Milão,Nápoles,Turim,Palermo,Genova,Floren ça,Bolonha,Bari,Catania,Verona,Veneza,Messina,Padua,Trieste,Bréscia,Ta ranto,Parma,Reggio Calabria,Modena,Letônia,Liechtenstein,Lituânia,
Luxemburgo,Diekirch,Dikrech,Differdange,Déifferdeng, Dudelange,Diddeleng,Echternach,Iechternach,Esch-sur-Alzette,Esch-Uelze cht, Ettelbruck,Ettelbréck,Grevenmacher,
Gréiwemaacher,Luxemburgo,Lëtzebuerg,Remich,Rumelange,Rëmeleng,Vianden, Wiltz,Wolz,Veianen,
Réimech, República da Macedônia,Malta,
Valletta,Sliema,Saint Julians,Mdina,Mosta,Rabat,Gozo,Saint Paul,Moldávia,Mônaco,Montenegro,Noruega,
Países Baixos,Polônia,Varsóvia,Cracóvia, Łódź,Wrocław,Poznań,Gdańsk,Estetino,Bydgoszcz,Lublin,Katowice,Portugal ,Lisboa,Almada,Amadora,Braga,Coimbra,Funchal,Porto,Vila Nova de Gaia,Reino Unido,inglaterra,Romênia,Rússia,São Petersburgo,Novosibirsk,Nijni Novgorod,Ecaterimburgo,Samara,Moscou,Distrito Federal Central,Distrito Federal do Noroeste,Novosibirskaia,Distrito Federal dos Urais,Nijegorodskaia,Samarskaia,Omskaia,Distrito Federal do Volga,Tcheliabinskaia,Rostovskaia,Baquíria,Volgogradskaia,Turquia,San Marino,Sérvia,
Suécia,Suíça,*,Ucrânia,Kiev ,Kharkiv ,Odessa ,Dnipropetrovsk ,Donetsk,Zaporizhia,Lviv ,Kryvyi Rih,Mykolaiv ,Mariupol ,*,Vaticano,catolico,
Oceania,
Austrália,Sydney,Melbourne,Brisbane,Perth,Adelaide, Ilhas Cook,Avarua,-,Fiji,Suva,Lautoka,Nadi ,Labasa,Ba,Levuka, Ilhas Marshall,Majuro,-,Ilhas Salomão,Auki,Gizo,Honiara,
Kirakira,Munda,Kiribati,
Estados Federados da Micronésia,Nauru,Niue,Nova Zelândia,Wellington,Auckland,Christchurch,Manukau,
North Shore,Waitakere,Hamilton,Dunedin,Tauranga,Lower Hutt,Palmerston North,Palau,Koror,Meyungs,
Papua-Nova Guiné,Daru,Finschhafen,Goroka,Kainantu,
Kieta,Lae,Madang,Mount Hagen,Popondetta,Port Moresby,
Rabaul,Tadji,Ukarumpa,Wewak,-,Samoa,Ápia,Asau,
Mulifanua,Motoatua,Moamoa,Salelologa,Utualii,Nofoalii,
Faleasiu,Vaimea,Vaigaga,Vailele,Vaimoso,Vaitele,Vaiusu,*,
Timor-Leste,Díli,Aubá,Aileu,Ainaro ,Ataúro,Alas,Atsabe,
Atabae,Balibó,Bobonaro,Berau,Biquele,Baquia,Baucau,
Beacu,Bazartete,Bucoli,Citrana,Com,Daré ,Ermera,Fato Berlia,Fatolulique,Fohorern,Fuiloro,Gleno,Hatolina,Hotudo,
Iliomar,Kelikai,Lacluta,Laga,Laivai,Lautém,Loré,Lospalos,
Luro,Lolotoi ,Liquiçá,Laclubar,Laleia,Maubara,Maliana,
Metinaro,Mehara,Manatuto,Natarbora,Nitibe,Oe Silo,
Oecussi ,OssuSame,Suai ,Tilomar,Tutuala,Turiscai,Uatolari,
Venilale,Viqueque,Zumalai,-,
Tonga,Haveluloto,Hihifo,Mu'a,Neiafu,Nuku'alofa,'Ohonua,
Pangai,Tofoa-Koloua,Vaini,-,
Tuvalu,Vanuatu,Port Vila,Polinési, Thanks ,world, e muitos outros.
winter,


"We are all French"

En activité au service de la paix - In activity in the service of peace !!

Recent Updated: 3 years ago - Created by GregPalmer - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - GregPalmer
Flickr Zoológico de Belo Horizonte - 29
Tags: camera   brazil   color   beautiful   animals   brasil   canon   de   effects   zoo   monkey   grande   photo   google   amazing   cool   funny   flickr   day   photos   xx   top   awesome   large   sunny   x   lucas   mg   size   fotos   gran   macaco   xxx   fotografia   bela   mendes   hermosa   efeitos   cor   rare   fresco   legais   legal   rara   horizonte   xxxx   bh   câmera   belo   raras   belas   impresionante   tamanho   efectos   mandril   zoologico   incríveis   tamaño   incrível   wwwflickrcom   60d   canon60d   lucasmendes   lucasmendesbh   rarocámara   
Chuck ( Mandrillus sphinx ) is a primate of the family Cercopithecidae ( Old World monkeys ) , close relatives of baboons and even more closely dril . Both the mandrel as Dril were previously classified as baboons in genus Papio , but recent research has determined that they should be a part of the genre , the mandrillus .
Chuck is known for its olive coat and multicolored face and buttocks in males , coloration becomes more intense as he reaches sexual maturity , becoming even more pronounced in moments of excitement. In females the color is more neutral . The coloring buttocks , it is believed , helps in visibility between members of the species within the forest and helps the displacement group.
Males can reach 35 kilograms. They can grow to about a meter to measure and can live up to 25 years. Females reach sexual maturity at about 3.5 years.
The mandrel can be found in the rainforests of southern Cameroon , Gabon , Equatorial Guinea and Congo. Its distribution is limited by the Sanaga River to the north and the east Ivindo Ogooué and rivers . Recent research suggests that populations of spindles present in the North and South of the river Ogooué are so genetically different as they can be considered different subspecies.
Chucks are social beings and can be found in groups of up to 800 individuals, usually females and young led by a dominant male . Many adult males are solitary . It is impossible to estimate the exact size of a group in the forest . To estimate the number of members in a group, it was sometimes necessary to shoot gaps between groups across forests or across roads and tell from the images passed in slow motion . The largest group observed thus had more than 1,300 individuals , the International Park Lope , Gabon - the largest group of non-human primates ever recorded .
Chuck is an omnivore and obtains food by collecting plants , insects and small animals . Its main natural predators are leopards . A large group of mandrills can cause damage to the harvest , therefore, in many regions , they are seen as pests .
Cores are hunted for food throughout its territory . Are used firearms, dogs and networks . In Cameroon , the lost habitat to agriculture is also a major threat . Although Chuck normally do not hunt large prey , males have been observed hunting and consuming small species of antelope .


________________________________________________________________________________________________________

O mandril (Mandrillus sphinx) é um primata da família dos Cercopithecidae (Macacos do velho mundo), parentes próximos dos babuínos e ainda mais próximos do dril. Tanto o mandril quanto o Dril eram antes classificados como babuínos do gênero Papio, mas pesquisas recentes determinaram que eles deveriam constituir um gênero a parte, o mandrillus.
O mandril é reconhecido pela sua pelagem verde-oliva e a face e nádegas multicoloridas nos machos, coloração que se torna mais intensa à medida que chega a maturidade sexual, tornando-se ainda mais pronunciada nos momentos de excitação. Nas fêmeas a coloração é mais neutra. A coloração nas nádegas, crê-se, ajuda na visibilidade entre os membros da espécie dentro da floresta e ajuda o deslocamento em grupo.
Os machos podem chegar a 35 quilogramas. Eles podem crescer até medirem cerca de um metro e podem viver até 25 anos. As fêmeas alcançam a maturidade sexual com aproximadamente 3,5 anos.
O mandril pode ser encontrado nas florestas tropicais do sul de Camarões, Gabão, Guiné Equatorial e Congo. Sua distribuição está limitada pelo rio Sanaga ao Norte e os rios Ogooué e Ivindo à leste. Recentes pesquisas sugerem que o as populações de mandris presentes ao Norte e ao Sul do rio Ogooué são geneticamente tão diferentes a ponto de poderem ser consideradas diferentes sub-espécies.
Mandris são seres sociais e podem ser achados em grupos de até 800 indivíduos, geralmente fêmeas e jovens liderados por um macho dominante. Muitos machos adultos são solitários. É impossível estimar o tamanho exato de um grupo na floresta. Para estimar o número de integrantes de um grupo, foi por vezes necessário filmar grupos cruzando espaços vazios entre florestas ou atravessando estradas e contar a partir das imagens passadas em câmera-lenta. O maior grupo observado dessa maneira apresentava mais de 1.300 indivíduos, no Parque Internacional de Lopé, no Gabão — o maior grupo de primatas não humanos jamais observado.
O mandril é um onívoro e obtém comida coletando plantas, insetos e pequenos animais. Seus principais predadores naturais são os leopardos. Um grande grupo de mandris pode causar dano para a colheita, por isso, em muitas regiões, eles são vistos como pragas.
Os mandris são caçados para alimentação humana por todo o seu território. Utilizam-se armas de fogo, cães e redes. Em Camarões, o habitat perdido para a agricultura também é uma grande ameaça. Embora o mandril normalmente não cace grandes presas, os machos já foram observados caçando e consumindo pequenas espécies de antílopes.

Recent Updated: 3 years ago - Created by Lucas Mendes BH - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Lucas Mendes BH
Flickr Zoológico de Belo Horizonte - 28
Tags: camera   brazil   color   beautiful   animals   brasil   canon   de   effects   zoo   monkey   grande   photo   google   amazing   cool   funny   flickr   day   photos   xx   top   awesome   large   sunny   x   lucas   mg   size   fotos   gran   macaco   xxx   fotografia   bela   mendes   hermosa   efeitos   cor   rare   fresco   legais   legal   rara   horizonte   xxxx   bh   câmera   belo   raras   belas   impresionante   tamanho   efectos   mandril   zoologico   incríveis   tamaño   incrível   wwwflickrcom   60d   canon60d   lucasmendes   lucasmendesbh   rarocámara   
Chuck ( Mandrillus sphinx ) is a primate of the family Cercopithecidae ( Old World monkeys ) , close relatives of baboons and even more closely dril . Both the mandrel as Dril were previously classified as baboons in genus Papio , but recent research has determined that they should be a part of the genre , the mandrillus .
Chuck is known for its olive coat and multicolored face and buttocks in males , coloration becomes more intense as he reaches sexual maturity , becoming even more pronounced in moments of excitement. In females the color is more neutral . The coloring buttocks , it is believed , helps in visibility between members of the species within the forest and helps the displacement group.
Males can reach 35 kilograms. They can grow to about a meter to measure and can live up to 25 years. Females reach sexual maturity at about 3.5 years.
The mandrel can be found in the rainforests of southern Cameroon , Gabon , Equatorial Guinea and Congo. Its distribution is limited by the Sanaga River to the north and the east Ivindo Ogooué and rivers . Recent research suggests that populations of spindles present in the North and South of the river Ogooué are so genetically different as they can be considered different subspecies.
Chucks are social beings and can be found in groups of up to 800 individuals, usually females and young led by a dominant male . Many adult males are solitary . It is impossible to estimate the exact size of a group in the forest . To estimate the number of members in a group, it was sometimes necessary to shoot gaps between groups across forests or across roads and tell from the images passed in slow motion . The largest group observed thus had more than 1,300 individuals , the International Park Lope , Gabon - the largest group of non-human primates ever recorded .
Chuck is an omnivore and obtains food by collecting plants , insects and small animals . Its main natural predators are leopards . A large group of mandrills can cause damage to the harvest , therefore, in many regions , they are seen as pests .
Cores are hunted for food throughout its territory . Are used firearms, dogs and networks . In Cameroon , the lost habitat to agriculture is also a major threat . Although Chuck normally do not hunt large prey , males have been observed hunting and consuming small species of antelope .


________________________________________________________________________________________________________

O mandril (Mandrillus sphinx) é um primata da família dos Cercopithecidae (Macacos do velho mundo), parentes próximos dos babuínos e ainda mais próximos do dril. Tanto o mandril quanto o Dril eram antes classificados como babuínos do gênero Papio, mas pesquisas recentes determinaram que eles deveriam constituir um gênero a parte, o mandrillus.
O mandril é reconhecido pela sua pelagem verde-oliva e a face e nádegas multicoloridas nos machos, coloração que se torna mais intensa à medida que chega a maturidade sexual, tornando-se ainda mais pronunciada nos momentos de excitação. Nas fêmeas a coloração é mais neutra. A coloração nas nádegas, crê-se, ajuda na visibilidade entre os membros da espécie dentro da floresta e ajuda o deslocamento em grupo.
Os machos podem chegar a 35 quilogramas. Eles podem crescer até medirem cerca de um metro e podem viver até 25 anos. As fêmeas alcançam a maturidade sexual com aproximadamente 3,5 anos.
O mandril pode ser encontrado nas florestas tropicais do sul de Camarões, Gabão, Guiné Equatorial e Congo. Sua distribuição está limitada pelo rio Sanaga ao Norte e os rios Ogooué e Ivindo à leste. Recentes pesquisas sugerem que o as populações de mandris presentes ao Norte e ao Sul do rio Ogooué são geneticamente tão diferentes a ponto de poderem ser consideradas diferentes sub-espécies.
Mandris são seres sociais e podem ser achados em grupos de até 800 indivíduos, geralmente fêmeas e jovens liderados por um macho dominante. Muitos machos adultos são solitários. É impossível estimar o tamanho exato de um grupo na floresta. Para estimar o número de integrantes de um grupo, foi por vezes necessário filmar grupos cruzando espaços vazios entre florestas ou atravessando estradas e contar a partir das imagens passadas em câmera-lenta. O maior grupo observado dessa maneira apresentava mais de 1.300 indivíduos, no Parque Internacional de Lopé, no Gabão — o maior grupo de primatas não humanos jamais observado.
O mandril é um onívoro e obtém comida coletando plantas, insetos e pequenos animais. Seus principais predadores naturais são os leopardos. Um grande grupo de mandris pode causar dano para a colheita, por isso, em muitas regiões, eles são vistos como pragas.
Os mandris são caçados para alimentação humana por todo o seu território. Utilizam-se armas de fogo, cães e redes. Em Camarões, o habitat perdido para a agricultura também é uma grande ameaça. Embora o mandril normalmente não cace grandes presas, os machos já foram observados caçando e consumindo pequenas espécies de antílopes.

Recent Updated: 3 years ago - Created by Lucas Mendes BH - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Lucas Mendes BH
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: anonovo201213   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.


Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: anonovo201213   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: anonovo201213   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Guiné Equatorial - África
Tags: aniversáriodeirmãodavi   
Nosso querido irmão Davi Ladeira está em Guiné Equatorial, na África, desde outubro de 2012.

Grandes são os desafios desse país e pedimos orações pela vida do irmão Davi e por todos os missionários e pessoas que moram em Guiné.

Recent Updated: 4 years ago - Created by PIB Nilopolis - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - PIB Nilopolis
Flickr Mandril
Tags: animal   fauna   zoo   nikon   macaco   santacatarina   selvagem   mandril   d80   mandrillussphinx   fábiosilva   zoológicodepomerode   
Mandrillus sphinx

Família: Cercopithecidae

Características: sua pelagem verde-oliva e a face e nágegas multicoloridas nos machos, coloração que se torna mais intensa à medida que chega a maturidade sexual, tornando-se ainda mais pronunciada nos momentos de excitação. Nas fêmeas a coloração é mais neutra.

Ocorrência: sul de Camarões, Gabão, Guiné Equatorial e Congo.

Habitat: floresta tropical.

Alimentação:plantas, insetos e pequenos animais.

Reprodução: a estação de acasalamento ocorre de junho a outubro. A gestação dura cerca de 6 meses e a fêmea dá a luz a um unico filhote.

Recent Updated: 5 years ago - Created by Fábio C. Silva - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Fábio C. Silva
Flickr Equatorial Guinea - Guiné Equatorial
Tags: africa   equatorialguinea   guinéequatorial   

Recent Updated: 5 years ago - Created by Hugo Carriço - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Hugo Carriço
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Choco - Lateral
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Choco - Lateral
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Dudu (Zagueiro)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Caio (Atacante)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Renan Mota (Atacante)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Dudu (Zagueiro)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Alemão (Zagueiro)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha


Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha


Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Caio (Atacante)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Danilo (Atacante)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

André (Goleiro) e Anderson Carvalho (Volante)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Juniores 4 x 1 Guiné Equatorial - Torneio Cotif - Espanha

Dudu (Zagueiro)
Recent Updated: 6 years ago - Created by Santos Futebol Clube - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Santos Futebol Clube
Flickr Lula e Teodoro Obiang Nguema Mbasogo (Guiné Equatorial)

LULA E OS DITADORES - Em seu programa semanal de TV, a Vereadora Teresa Bergher destacou as estranhas alianças que o Presidente Lula vem realizando com conhecidos ditadores (alguns deles genocidas!) no mundo. A pesquisa das informações foi feita pelo Deputado Estadual Gerson Bergher.
Recent Updated: 6 years ago - Created by Gerson e Teresa Bergher - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Gerson e Teresa Bergher
Flickr segunda-feira, 5 de julho
Tags: lula   malabo   áfrica   guinéequatorial   
Presidente Lula ao lado de Obiang Nguema Mbasogo, de Guiné Equatorial, no Palácio do Governo, em Malabo. Foto: Ricardo Stuckert/PR
Recent Updated: 6 years ago - Created by Palácio do Planalto - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Palácio do Planalto
Flickr domingo, 4 de julho
Tags: lula   malabo   áfrica   guinéequatorial   
Ao chegar a Malabo (Guiné Equatorial), Lula recebe flores. Foto: Ricardo Stuckert/PR
Recent Updated: 6 years ago - Created by Palácio do Planalto - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Palácio do Planalto
Flickr bubi tribal flag / Bandeira da Tribo Bubi (Equatorial-Guinea)
Tags: equatorialguinea   guinéequatorial   
Please respect this page

This page refers to two flags in the country.
I do not belong to any movement in support or against.
Only serves to make known these flags.


English
en.wikipedia.org/wiki/Movement_for_the_Self-Determination...

The Movement for the Self-Determination of Bioko Island (Spanish: Movimiento para la Auto-determinación de la Isla de Bioko) is a proscribed political organization in Equatorial Guinea. It has its roots in the pre-independence Unión Bubi, which sought independence from the mainland half of Spanish Guinea. It is supported by the Bubi ethnic group, which dominates Bioko island (home of the national capital).

The Unión Bubi wanted the Spanish government to separate the Bubi-dominated Bioko and the Fang-dominated Río Muni (the mainland half of Equatorial Guinea) because, if the nation were united, the Bubi would be at the mercy of the Fang, who greatly outnumbered them. During the Spanish colonial era, the Bubi received better treatment and more education than the other ethnic groups, and many in the ethnic group feared that the country would be taken over by "illiterates." A vibrant political movement grew around the cause of independence for Bioko.

Under the rule of Francisco Macías Nguema (1968-1979), almost all Bubi political activists were either killed or exiled, and any aspirations for autonomy were dashed. President Teodoro Obiang Nguema Mbasogo (1979-), a Fang from the same family as Macías, continued the policy of prohibiting separatist movements.

The MAIB has support from traditional Bubi leaders and some of the general population of Bioko, but the party is forced by law to operate secretly. The MAIB gained international attention when one of its main leaders, Weja Chicampo, was tortured and severely injured in March 2004 by government agents.Some years before, on January 21, 1998, military governmental forces had strongly fighted against an attempt of independence from the mainland.Hundreds of Bubi were tortured and abused in Black Beach (the worst prison in the world). People know a little about what happened in the south and center of Bioko Isle where hundreds of Bubi disappeared.Those events are related in a book by the Italian writer Franco Lelli,"OKIRI", Una Storia Africana, I.P.S.I.A. Terni, 2005 (Italy),as a witness.


Português
pt.wikipedia.org/wiki/Movimento_para_a_Autodetermina%C3%A...

O Movimento para a Autodeterminação da Ilha de Bioko (MAIB) é uma organização política ecuato-guineense clandestina que tem como finalidade o reconhecimiento da autonomia do povo bubi em seu território tradicional da ilha de Bioko.

As autoridades da Guiné Equatorial proíbem qualquer atividade deste movimento. Sua origem está na União Bubi, que nos tempos da colonização espanhola pretendia uma administração para a ilha de Bioko diferente da do Rio Muni, onde predominavam os fang.

Após a independência da Guiné Equatorial, debaixo da ditadura de Francisco Macías Nguema (1968-1979), quase todos os políticos e ativistas bubis foram assassinados ou exilados e qualquer aspiração de autonomia foi eliminada. Teodoro Obiang Nguema Mbasogo (1979-), um fang da mesma família que Macías, a quem derrubou do poder, mas sem estabelecer um regime democrático, continuou a repressão de movimentos considerados separatistas.

O MAIB tem o apoio dos líderes tradicionais bubis e parte da população bubi de Bioko e do exílio, localizada sobretudo na Espanha.


Website:
www.maib.org/


Bubi people
pt.wikipedia.org/wiki/Bubi

en.wikipedia.org/wiki/Bubi_people

Recent Updated: 6 years ago - Created by Hugo Carriço - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Hugo Carriço
Flickr Movement for the Self-Determination of Bioko Island / Movimento para a Autodeterminação da Ilha de Bioko (Equatorial-Guinea)
Tags: equatorialguinea   guinéequatorial   bubitribalflag   movementfortheselfdeterminationofbiokoisland   equatorialguineaflag   
Please respect this page

This page refers to two flags in the country.
I do not belong to any movement in support or against.
Only serves to make known these flags.


English
en.wikipedia.org/wiki/Movement_for_the_Self-Determination...


The Movement for the Self-Determination of Bioko Island (Spanish: Movimiento para la Auto-determinación de la Isla de Bioko) is a proscribed political organization in Equatorial Guinea. It has its roots in the pre-independence Unión Bubi, which sought independence from the mainland half of Spanish Guinea. It is supported by the Bubi ethnic group, which dominates Bioko island (home of the national capital).

The Unión Bubi wanted the Spanish government to separate the Bubi-dominated Bioko and the Fang-dominated Río Muni (the mainland half of Equatorial Guinea) because, if the nation were united, the Bubi would be at the mercy of the Fang, who greatly outnumbered them. During the Spanish colonial era, the Bubi received better treatment and more education than the other ethnic groups, and many in the ethnic group feared that the country would be taken over by "illiterates." A vibrant political movement grew around the cause of independence for Bioko.

Under the rule of Francisco Macías Nguema (1968-1979), almost all Bubi political activists were either killed or exiled, and any aspirations for autonomy were dashed. President Teodoro Obiang Nguema Mbasogo (1979-), a Fang from the same family as Macías, continued the policy of prohibiting separatist movements.

The MAIB has support from traditional Bubi leaders and some of the general population of Bioko, but the party is forced by law to operate secretly. The MAIB gained international attention when one of its main leaders, Weja Chicampo, was tortured and severely injured in March 2004 by government agents.Some years before, on January 21, 1998, military governmental forces had strongly fighted against an attempt of independence from the mainland.Hundreds of Bubi were tortured and abused in Black Beach (the worst prison in the world). People know a little about what happened in the south and center of Bioko Isle where hundreds of Bubi disappeared.Those events are related in a book by the Italian writer Franco Lelli,"OKIRI", Una Storia Africana, I.P.S.I.A. Terni, 2005 (Italy),as a witness.


Português
pt.wikipedia.org/wiki/Movimento_para_a_Autodetermina%C3%A...

O Movimento para a Autodeterminação da Ilha de Bioko (MAIB) é uma organização política ecuato-guineense clandestina que tem como finalidade o reconhecimiento da autonomia do povo bubi em seu território tradicional da ilha de Bioko.

As autoridades da Guiné Equatorial proíbem qualquer atividade deste movimento. Sua origem está na União Bubi, que nos tempos da colonização espanhola pretendia uma administração para a ilha de Bioko diferente da do Rio Muni, onde predominavam os fang.

Após a independência da Guiné Equatorial, debaixo da ditadura de Francisco Macías Nguema (1968-1979), quase todos os políticos e ativistas bubis foram assassinados ou exilados e qualquer aspiração de autonomia foi eliminada. Teodoro Obiang Nguema Mbasogo (1979-), um fang da mesma família que Macías, a quem derrubou do poder, mas sem estabelecer um regime democrático, continuou a repressão de movimentos considerados separatistas.

O MAIB tem o apoio dos líderes tradicionais bubis e parte da população bubi de Bioko e do exílio, localizada sobretudo na Espanha.


Website:
www.maib.org/

Recent Updated: 6 years ago - Created by Hugo Carriço - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Hugo Carriço
Flickr Equatorial Guinea / Guiné Equatorial
Tags: africa   flag   equatorialguinea   bandeiras   guinéequatorial   
Is a country located in Central Africa. With an area of 28,000 km2 it is one of the smallest countries in continental Africa. It is also the most prosperous, with gross per capita income on the level of some EU countries, ahead even of Libya and South Africa, two traditionally most developed African countries; this prosperity is recent, though. It has a population of 1,014,999. It comprises two parts: a Continental Region (Río Muni), including several small offshore islands like Corisco, Elobey Grande and Elobey Chico; and an insular region containing Annobón island and Bioko island (formerly Fernando Po) where the capital Malabo is situated.
Annobón is the southernmost island of Equatorial Guinea and is situated just south of the equator. Bioko island is the northernmost point of Equatorial Guinea. Between the two islands and to the east is the mainland region. Equatorial Guinea is bordered by Cameroon on the north, Gabon on the south and east, and the Gulf of Guinea on the west, where the island nation of São Tomé and Príncipe is located between Bioko and Annobón. Formerly the colony of Spanish Guinea, its post-independence name is suggestive of its location near both the equator and the Gulf of Guinea. It is one of the few territories in mainland Africa where Spanish is an official language, besides the Spanish exclaves of Ceuta and Melilla.
Equatorial Guinea is the third smallest country in continental Africa in terms of population. It is also the second smallest United Nations (UN) member from continental Africa. The discovery of sizeable petroleum reserves in recent years is altering the economic and political status of the country. Equatorial Guinea has been cited as an example of the natural resource curse; its gross domestic product (GDP) per capita ranks 31st in the world; however, most of the country's considerable oil wealth actually lies in the hands of only a few people.
Out of 44 sub-Saharan countries, Equatorial Guinea ranks 9th in terms of the Human Development Index (HDI) and 115th overall, which is among the “medium” HDI countries.
Equatorial Guinea is in the process of becoming validated as an Extractive Industries Transparency Initiative (EITI) Compliant country, working toward transparency in reporting of oil revenues and the prudent use of natural resource wealth. The country is one of 30 Candidate countries and obtained Candidate status February 22, 2008. They met all required obligations to do so, including committing to working with civil society and companies on EITI implementation, appointing a senior individual to lead on EITI implementation, and publishing a fully costed Work Plan with measurable targets, a timetable for implementation and an assessment of capacity constraints. Equatorial Guinea held its 7th meeting of the EITI National Commission on January 30, 2010, during which time steps were taken for the advancement of the implementation process.

History
Please go to
en.wikipedia.org/wiki/History_of_Equatorial_Guinea

Geography
The Republic of Equatorial Guinea is located in west central Africa. Bioko Island lies about 40 kilometers (24.9 mi) from Cameroon. Annobón Island lies about 595 kilometres (370 mi) southwest of Bioko Island. The larger continental region of Rio Muni lies between Cameroon and Gabon on the mainland; it includes the islands of Corisco, Elobey Grande, Elobey Chico, and adjacent islets.

Bioko Island, called Fernando Po until the 1970s, is the largest island in the Gulf of Guinea - 2,017 square kilometers (779 sq mi). It is shaped like a boot, with two large volcanic formations separated by a valley that bisects the island at its narrowest point. The 195-kilometer (121 mi) coastline is steep and rugged in the south but lower and more accessible in the north, with excellent harbors at Malabo and Luba, and several scenic beaches between those towns.

On the continent, Rio Muni covers 26,003 square kilometers (10,040 sq mi). The coastal plain gives way to a succession of valleys separated by low hills and spurs of the Crystal Mountains. The Rio Benito (Mbini) which divides Rio Muni in half, is unnavigable except for a 20-kilometer stretch at its estuary. Temperatures and humidity in Rio Muni are generally lower than on Bioko Island.

Annobon Island, named for its discovery on New Year's Day 1472, is a small volcanic island covering 18 square kilometers (6.9 sq mi). The coastline is abrupt except in the north; the principal volcanic cone contains a small lake. Most of the estimated 1,900 inhabitants are fisherman specializing in traditional, smallscale tuna fishing and whaling. The climate is tropical--heavy rainfall, high humidity, and frequent seasonal changes with violent windstorms.

Location: Western Africa, bordering the Bight of Biafra, between Cameroon and Gabon.

Other Info
Oficial Name:
République de Guinée Équatoriale
República de Guinea Ecuatorial

Independence:
October 12, 1968

Area:
28.051km2

Inhabitants:
504.200

Languages:
Batanga [bnm] 9,000 in Equatorial Guinea (2001 Johnstone and Mandryk). Population total all countries: 15,000. Also spoken in Cameroon. Alternate names: Banoho, Bano'o, Noho, Nohu, Noku, Banoo. Dialects: Bapuku (Puku, Naka, Bapuu). The Puku are one of the Ndowe coastal peoples. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Bube-Benga (A.30)
More information.

Benga [bng] 3,000 in Equatorial Guinea (1995). Population includes 400 on Corisco Island. Rio Muni. Corisco Island. 80% have moved to Libreville, Gabon to Bata in EG. Also spoken in Gabon. Dialects: Related to Batanga. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Bube-Benga (A.30)
More information.

Bube [bvb] 40,000 (1995 UBS). Fernando Po, Biombo Island. Alternate names: Boombe, Bobe, Bubi, Ediya, Adija, Adeeyah, Boobe, Fernandian. Dialects: North Bobe, Southwest Bobe, Southeast Bobe. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Bube-Benga (A.30)
More information.

Fa D'ambu [fab] 2,500 in Equatorial Guinea (1999 SIL). Population total all countries: 3,100. Annobón Island, isolated from the mainland by 360 km of ocean (2,000), and in a community from Annobón living in Malabo on Bioko Island (500), a few on continental Equatorial Guinea. Also spoken in Spain. Alternate names: Annobonés, Annobonese, Annobonense. Dialects: Different from Fernando Po Krio and Crioulo of Guinea-Bissau and Kabuverdianu. Little variation between Annobonese in Annobón and Malabo. Lexical similarity 62.5% with São Tomense. 10% of the lexicon comes from Spanish. Classification: Creole, Portuguese based
More information.

Fang [fan] 258,722 in Equatorial Guinea (2000 WCD). Population total all countries: 450,586. Interior. Also spoken in Cameroon, Congo, Gabon, São Tomé e Príncipe. Alternate names: Pamue, Pahoun. Dialects: Make, Ntum (Ntumu). Intelligible with Bulu and Ewondo as part of the Beti language cluster. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Yaunde-Fang (A.70)
More information.

Fernando Po Creole English [fpe] 5,000 (1998 SIL). North central Bioko Island (Fernando Po), 6 communities in or near Malabo: Musola, Las Palmas, Sampaca, Basupu, Fiston, Balveri de Cristo Rey. Alternate names: Pidginglis, Fernandino, Fernando Po Krio, Criollo. Dialects: Pidginglis may be a separate language from Krio. Classification: Creole, English based, Atlantic, Krio
More information.

French [fra] Known more in the cities. Classification: Indo-European, Italic, Romance, Italo-Western, Western, Gallo-Iberian, Gallo-Romance, Gallo-Rhaetian, Oïl, French
More information.

Gyele [gyi] 29 in Equatorial Guinea (1998 govt.). Near the coast, northwest corner of Equatorial Guinea. Alternate names: Giele, Gieli, Gyeli, Bagyele, Bagiele, Bajeli, Bajele, Bogyeli, Bogyel, Bondjiel, Bako, Bekoe, Bakola, Bakuele, Likoya, Babinga. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Makaa-Njem (A.80)
More information.

Molengue [bxc] 1,000 (2002 SIL). Southern, just inland from coast, about half of the way up, between the southern tip of the country and the Rio Benito. Alternate names: Molendji, Balengue. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, B, Unclassified
More information.

Ngumba [nmg] 8,500 in Equatorial Guinea (1982 SIL). Rio Muni. Alternate names: Mvumbo, Ngoumba, Mgoumba, Mabi, Mabea, Bujeba. Dialects: Kwasio (Bisio, Bissio, Bisiwo). Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Makaa-Njem (A.80)
More information.

Ngumbi [nui] 4,000 (1995). Rio Muni coast, including Ecuco village. Alternate names: Combe, Kombe. Dialects: Asonga, Bomudi, Moganda. In Yasa (Bongwe) cluster. May be a dialect of Yasa. One of the Ndowe coastal peoples. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Bube-Benga (A.30), Yasa
More information.

Seki [syi] 11,000 in Equatorial Guinea (2001 Johnstone and Mandryk). Population total all countries: 14,690. Coastal. Also spoken in Gabon. Alternate names: Sekyani, Sekiani, Sekiyani, Sekiana, Shekiyana, Sheke, Seke, Beseki, Bulu. Dialects: Different from Bulu of Cameroon. One of 3 groups known as 'semi-playeros' because they function well on the coast and in the jungle. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, B, Kele (B.20)
More information.

Spanish [spa] 11,500 in Equatorial Guinea (1993 Johnstone). Mainly on Biombo Island. Classification: Indo-European, Italic, Romance, Italo-Western, Western, Gallo-Iberian, Ibero-Romance, West Iberian, Castilian
More information.

Yasa [yko] 913 in Equatorial Guinea (2000 WCD). Rio Muni. Yasa dialect is in Cameroon and 1 village (Rio Ntem). Alternate names: Yassa, Lyassa, Maasa, Bongwe. Dialects: Iyasa, Bweko, Vendo, Bodele, Marry, One, Asonga, Bomui, Mogana, Mooma, Mapanga. Classification: Niger-Congo, Atlantic-Congo, Volta-Congo, Benue-Congo, Bantoid, Southern, Narrow Bantu, Northwest, A, Bube-Benga (A.30), Yasa

Capital City:
Malabo

Meaning country name:
From the Susu (Sousou) language meaning 'Women'. The first Europeans to arrive in the area would have heard Susu, the main language spoken by the inhabitants of coastal Guinea. The English form comes via Portuguese Guiné from a (presumed) indigenous African name. Or possibly from the Berber "Akal n-Iguinawen" meaning "land of the blacks". Then they put equatorial

Description Flag:
The flag of Equatorial Guinea was adopted on August 21, 1979.
The flag is a horizontal tricolor, with green, white and red stripes and a blue triangle at its left side.
Green symbolizes the natural resources and jungles of the country.
Blue symbolizes the sea, which connects the main country with the islands.
White symbolizes peace.
Red symbolizes the fight for independence.
In the middle of the flag, on the white stripe, there is the coat of arms of Equatorial Guinea, with the mangrove tree, six yellow stars and the motto: Unidad Paz Justicia - Unity, Peace, Justice.

Coat of arms:
The image displayed at the right has been the national coat of arms of Equatorial Guinea since 21 August 1979. This coat of arms introduced after independence shows a silver shield, which contains a tree. Underneath the shield the national motto of Equatorial Guinea is shown. Over the shield, there are six six-pointed stars.

Motto:
"Unidad, Paz, Justicia"

National Anthem: Caminemos pisando la senda

Caminemos pisando la senda
De nuestra inmensa felicidad.
En fraternidad, sin separación,
¡Cantemos Libertad!
Tras dos siglos de estar sometidos
Bajo la dominación colonial,
En fraterna unión, sin discriminar,
¡Cantemos Libertad!
¡Gritemos Viva, Libre Guinea,
Y defendamos nuestra Libertad.
Cantemos siempre, Libre Guinea,
Y conservemos siempre la unidad.
¡Gritemos Viva, Libre Guinea,
Y defendamos nuestra Libertad.
Cantemos siempre, Libre Guinea,
Y conservemos siempre la independencia nacional
Y conservemos, Y conservemos
La independencia nacional.

English translation
Let us walk the path
Of our immense happiness,
In brotherhood, without separation,
Let us sing Liberty!
After two centuries of being subjected
To colonial domination,
In fraternal union, without discrimination,
Let us sing Liberty!
Let us cry Long live free Guinea,
And let us always remain united..
Let us cry Long live free Guinea,
And let us always defend our liberty.
Let us cry Long live free Guinea,
And let us always conserve national independence
And let us conserve, and let us conserve,
National independence.

Internet Page: www.guinea-equatorial.com
www.ceiba-guinea-ecuatorial.org
www.culturabubi.org
www.visitguineaecuatorial.com

Eq-guinea in diferent languages

eng: Equatorial Guinea
arg | ast | glg | spa: Guinea Ecuatorial
afr | fry: Ekwatoriaal-Guinee
cat | ina: Guinea Equatorial
ces | slk: Rovníková Guinea
crh | uzb: Ekvatorial Gvineya / Экваториаль Гвинея
deu | ltz: Äquatorialguinea / Äquatorialguinea
dsb | hsb: Runikowa Guineja
ind | msa: Guinea Khatulistiwa / ڬينيا خط الاستواء
aze: Ekvatorial Qvineya / Екваториал Гвинеја
bos: Ekvatorska Gvineja / Екваторска Гвинеја
bre: Ginea-ar-C’heheder
cor: Gyni Ekwadoriel
cym: Guinea Gyhydeddol
dan: Ækvatorialguinea
epo: Ekvatora Gvineo
est: Ekvatoriaal-Guinea
eus: Ekuatore Ginea
fao: Ekvator Guinea
fin: Päiväntasaajan Guinea
fra: Guinée équatoriale
frp: Guinê èquatoriâla
fur: Vuinee Ecuatoriâl
gla: Gini Mheadhan-Chriosach
gle: An Ghuine Mheánchriosach / An Ġuine Ṁeánċriosaċ
glv: Guinea Chryss ny Cruinney
hat: Gine ekwateryal
hrv: Ekvatorska Gvineja
hun: Egyenlítői Guinea
isl: Miðbaugs-Gínea
ita: Guinea Equatoriale
jav: Guinea Khatulistiwa
jnf: Dginnée d’l’Êquateur
kaa: Ekvatoriallıq Gvineya / Экваториальлық Гвинея
kmr: Gwînê ya Ekvatorê / Гwине йа Әкваторе / گوینێیا ئەکڤاتۆرێ; Gvînê ya Êkvatorê / Гвине йа Екваторе / گڤینێیا ئێکڤاتۆرێ; Gvînê ya Ekvatorê / Гвине йа Әкваторе / گڤینێیا ئەکڤاتۆرێ
kur: Gîneya Ekwator / گینەیا ئەکواتۆر
lat: Guinea Aequatorialis; Guinea Aequatorensis; Guinea Aequinoctialis
lav: Ekvatoriālā Gvineja
lim: Equatoriaol Guinee
lin: Gine-Ekwatoliáli; Gine-Ekwatorial
lit: Pusiaujo Gvinėja
lld-bad: Guinea Ecuatoriala
lld-grd: Guinea Ecuaturiela
mlg: Ginea Ekoatoriala
mlt: Ginea Ekwatorjali
mol: Guineea Ecuatorială / Гуйнея Екуаторялэ
nds: Äquatoriaal-Guinea / Äquatoriaal-Guinea
nld: Equatoriaal-Guinea
nor: Ekvatorial-Guinea
nrm: Gùinaee-du-Golfe
oci: Guinèa Eqüatoriala
pol: Gwinea Równikowa
por: Guiné Equatorial
que: Ikwaturyal Ghiniya
rmy: Ekuatorialni Guineya / एकुआतोरिआल्नी गुइनेया
roh: Guinea equatoriala
ron: Guineea Ecuatorială
rup: Guinea Equatorialã
scn: Guinìa Ecuaturiali
slo: Ekvatorju Gvinea / Екваторйу Гвинеа
slv: Ekvatorialna Gvineja
sme: Ekvatoriála Guinea
smg: Ekvatuorė Gvinėjė
sqi: Guineja Ekuatoriale
srd: Guinea Ecuadoriale
swa: Guinea ya Ikweta
swe: Ekvatorialguinea
szl: Gwinea Růwnikowa
tet: Giné Ekuatoriál
tuk: Ekwatorial Gwineýa / Экваториаль Гвинея; Ekwator Gwineýasy / Экватор Гвинеясы
tur: Ekvator Ginesi
vie: Ghi-nê Xích-đạo
vol: Kveatora-Gineyän
vor: Ekvatoriaal-Ginea
wln: Guinêye Ecwåtoriåle
wol: Ginne gu Yemoo
zza: Gineya Ekwatori
krc | kum: Экваториальный Гвинея (Ėkvatorial'nyj Gvineja)
abq: Экваториальна Гвинея (Ėkvatorialna Gvineja)
alt: Экватордогы Гвинея (Ėkvatordogy Gvineja)
bel: Экватарыяльная Гвінея / Ekvataryjalnaja Hvinieja; Экватарыяльная Гвінэя / Ekvataryjalnaja Hvineja
bul: Екваториална Гвинея (Ekvatorialna Gvineja)
che: Экваториальни Гвинея (Ėkvatorial'ni Gvineja)
chm: Экваториальной Гвинея (Ėkvatorial'noj Gvineja)
kaz: Экваторлық Гвинея / Ekvatorlıq Gvïneya / ەكۆاتورلىق گۆينەيا
kbd: Экваториальнэ Гвинея (Ăkvatorial'nă Gvineja)
kir: Экватордук Гвинея (Ėkvatorduk Gvineja)
kjh: Экваториальнай Гвинея (Ėkvatorial'naj Gvineja)
kom: Экваториальнӧй Гвинея (Ėkvatorial'nöj Gvineja)
mkd: Екваторска Гвинеја (Ekvatorska Gvineja)
mon: Экваторын Гвиней (Äkvatoryn Gvinej)
oss: Экваториалон Гвиней (Ėkvatorialon Gvinej)
rus: Экваториальная Гвинея (Ėkvatorial'naja Gvineja)
srp: Екваторијална Гвинеја / Ekvatorijalna Gvineja
tat: Экваторлы Гвинея / Ekvatorlı Gvineä
tgk: Гвинеяи Истивоӣ / گوینیۀ استوائی / Gvinejai Istivoī
tyv: Экватор Гвинея (Ėkvator Gvineja)
ukr: Екваторіальна Ґвінея (Ekvatorial'na Gvineja)
ara: غينيا الاستوائية (Ġīniyā l-Istiwāʾīyâ); جينيا الاستوائية (Gīniyā l-Istiwāʾīyâ)
fas: گینۀ استوائی (Gīne-ye Estevāʾī)
pus: د استوا کرښه ګيني (də Istiwā Karŝâ Gīnī); د استوا کرښه ګينيا (də Istiwā Karŝâ Gīniyā); د استوا کرښه ګينېا (də Istiwā Karŝâ Gīneā)
uig: ئېكۋاتور گۋىنېيىسى / Ékwator Gwinéyisi / Экватор Гвинейиси
urd: ایکواٹوریل گنی (Ækvāṫoriyal Ginī); استوائی گنی (Istivāʾī Ginī)
div: އިކްވިޓޯރިއަލް ގިނީ (Ikviṫōri'al Ginī)
heb: גינאה המשונית / גינאה המשוונית (Gîneʾah ha-Mašvanît); גיניאה המשוונית (Gînêʾah ha-Mašvanît)
lad: גיניאה איקואטוריאל / Ginea Ekuatorial
yid: עקװאַטאָריאַל-גװינײע (Ekvatoryal-Gvineye)
amh: ኢኳቶሪያል ጊኔ (Ikʷatoriyal Gine)
ell-dhi: Ισημερινή Γουινέα (Isīmerinī́ Goyinéa)
ell-kat: Ἰσημερινὴ Γουϊνέα (Isīmerinī̀ Goyïnéa)
hye: Հասարակածային Գվինեա (Hasarakacayin Gvinea); Էկվատորային Գվինեա (Ēkvatorayin Gvinea)
kat: ეკვატორული გვინეა (Ekvatoruli Gvinea)
hin: विषुवतीय गिनी (Viṣuvatīya Ginī)
ben: বিষুবীয় গিনি (Biṣubīyô Gini); ইকুয়েটরিয়াল গিনি (Ikuyeṭôriyāl Gini)
pan: ਭੂ-ਖੰਡੀ ਗਿਨੀ (Bʰū-Kʰaṁḍī Ginī)
kan: ಭೂಮಧ್ಯರೇಖೆಯ ಗಿನಿ (Bʰūmadʰyarēkʰeya Gini)
mal: ഇക്വറ്റോറിയല് ഗിനി (Ikvaṟṟōṟiyal Gini); ഇക്വറ്റോറിയല് ഗ്വിനിയ (Ikvaṟṟōṟiyal Gviniya)
tam: ஈக்குவிடோரியல் கினி (Īkkuviṭōriyal Kiṉi); ஈகுவாடோரியல் கினி (Īkuvāṭōriyal Kiṉi); ஈகுவாடோரியல் கினியா (Īkuvāṭōriyal Kiṉiyā)
tel: ఈక్వటోరియల్ గినియా (Īkvaṭōriyal Giniyā)
zho: 赤道幾內亞/赤道几内亚 (Chìdào Jīnèiyà)
jpn: 赤道ギニア (Sekidō Ginia)
kor: 적도기니 (Jeogdo Gini)
mya: အီက္ဝေတာဂီနီ (Ikweta Gini)
tha: อิเควทอเรียลกินี (Ikʰwētʰɔ̄riyan Kinī)
khm: ហ្គីណេអេក្វាទ័រ (Hkīṇe Ekvātŏr); អេក្វាទ័រហ្គីនី (Ekvātŏr Hkīnī)

Recent Updated: 6 years ago - Created by Hugo Carriço - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Hugo Carriço
Flickr Guiné Equatorial


Recent Updated: 7 years ago - Created by ADAGOBERTO ARRUDA - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - ADAGOBERTO ARRUDA
Flickr www.marcelosilk.com.br - vetor, vector, estampa, camiseta, vetor em corel draw, vetorização, imagens vetorizadas, silk screen, serigrafia, branco e preto (2)
Tags: facebookahrefhttpwwwfacebookcommarcelosilksantosrelnofollowwwwfacebookcommarcelosilksantosa01homemaranha–2164votos103vezesescolhidocomo1°02capitãoamérica–1616votos43vezesescolhidocomo1°03demolidormat   helenawayne–19–1441deadpoolwadewilsonhomemaranhapeterbenjaminparkerhomemformigahenryhankpympanteranegratchallagambitremmylebeaupowermanlukecagehomemdeferrotonystarkviúvanegranatasharomanoffmulheraranhajessicadr   annamariedrestranhostephenstrangemercúriopietromaximoffcrystalcristalysmedusamissmarvelcaroldanverspsylockeelisabethbraddocktochahumanajonhystormtempestadeororomunroewolverineloganhowlettsenhorfantásticoreedrichardscoisa   starguerrainfinitaxmenadventuresbaseadonosxmenasérieanimadaxmenevolutionbaseadonosdesenhosanimadosxmenevolutionxmenofilmeadaptaçãodosfilmesdosxmenzumbiversoterraondetodososheróisforamtransformadosemzumb   ouniversomarvelprincipalterramvcterraondesepassaosjogosmarvelvscapcom   marcelosilksantoswwwfacebookcommarcelosilksantos01homemaranha–2164votos103vezesescolhidocomo1°02capitãoamérica–1616votos43vezesescolhidocomo1°03demolidormattmurdock–10062204drdestino–8721505oco   ouniversomarvelprincipalterramvcterraondesepassaosjogosmarvelvscapcom001ledzeppelin525pontos002thebeatles514pontos003pinkfloyd506pontos004thejimihendrixexperience503pontos005vanhalen496pontos   stills   nashandyoung396pontos029theallmanbrothers394pontos030zztop392pontos031aerosmith391pontos032cream390pontos033brucespringsteentheestreetband386pontos034thegratefuldead385pontos035gunsn   facebookmarcelosilksantoswwwfacebookcommarcelosilksantos01homemaranha–2164votos103vezesescolhidocomo1°02capitãoamérica–1616votos43vezesescolhidocomo1°03demolidormattmurdock–10062204drdestino–872   
China, Malásia e Taiwan, com significativos núcleos de falantes na África d Sul, Brunei, Camboja, Filipinas, Hong-Kong, Indonésia, Mangólia, Mianmar, Singapura, Tailândia, Vietnã e outros países.
02
Inglês [1]
Nat – 355,1 milhões
2ªL – 198,8 milhões
Tot – 553,9 milhões
África do Sul, Antígua e Barbuda, Austrália, Bahamas, Barbados, Belize, Botswana, Brunei, Camarões, Canadá (exceção de Quebec), Dominica, Estados Unidos, Gâmbia, Gana, Granada, Guiana, Hong-Kong, Ilhas Fiji, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Jamaica, Kiribati, Lesoto, Libéria, Malásia, Malawi, Malta, Maurícia, Micronésia, Namíbia, Nigéria, Nova Zelândia, Palau, Papua Nova Guiné, Quénia, Reino Unido, Ruanda, Samoa, Santa Lucia, Santo Cristovão e Nevis, São Vicente e Grenadinas, Seichelles, Sierra Leão, Somália, Sri Lanka, Suazilândia, Tanzânia, Tonga, Trinidade e Tobago, Tuvalu, Uganda, Vanuatu, Zâmbia e Zimbábue, com significativos núcleos de falantes em Bangladesh, Eritréia, Etiópia, Filipinas, Índia, Israel, Maldivas, Micronésia, Nauru, Paquistão, Singapura e outros países.
03
Espanhol
Nat – 298,7 milhões
2ªL – 49,4 milhões
Tot – 348,1 milhões
Argentina, Bolívia, Canárias, Ceuta, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Dominica, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, Melilha, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Porto Rico, Uruguai e Venezuela, com significativos núcleos de falantes em Belize, Estados Unidos, Costa do Marfim, Filipinas, França e outros países.
04
Hindi [2]
Nat – 288,6 milhões
2ªL – 39,2 milhões
Tot – 327,8 milhões
Índia (regiões Norte, Centro e Oeste do país).
05
Português
Nat – 236,1 milhões
2ªL – 36,8 milhões
Tot – 272,9 milhões
Angola, Brasil, Cabo Verde, Damão (Índia), Diu e Goa (India), Galiza (espanha), Guine-Bissau, Macau (China), Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Reino Unido, Canadá, África do Sul, Austrália, Japão, Paraguai, e outros países.
06
Russo [3]
Nat – 164,3 milhões
2ªL – 98,7 milhões
Tot – 263,0 milhões
Abecásia (Geórgia), Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Casaquistão, Estônia, Letônia, Lituânia, Moldávia (Gagáuzia e Transnístria), Quirguistão, Rússia, Tajiquistão, Transnístria (Moldávia), Turcomenistão, Ucrânia e Usbequistão, com significativos núcleos de falantes em Israel e outros países.
07
Francês [4]
Nat – 108,4 milhões
2ªL – 121,3 milhões
Tot – 229,7 milhões
Bélgica (Bruxelas e Valônia), Benim, Burkina Faso, Burundi, Camarães, Canadá, República Central Africana, Chad, Comoros, Congo (Brazzaville), Costa do Marfim, Côte d’Ivoire, Djibouti, Guadeloupe, Guine Equatorial, França, Polinesia Francesa, Gabão, Guiné, Guiné Equatorial, Haiti, Índia (Karikal, Punducherry), Itália (Vale de Aosta), Líbano, Luxembourg, Madagáscar, Mali, Martinica, Maurícia, Mônaco, Nova Caledônia, Nigéria, República Centro Africana, Ruanda, Senegal, Seychelles, Suíça (Berna, Cantão de Friburgo, Cantão de Genebra, Jura, Neuchâtel, Valais, Vaud), Togo, com significativos núcleos nos Estados Unidos (Louisiana, especialmente), Vanuatu, Reino Unido (Guernsey e Jersey) e outros países.
08
Bengalês
Nat – 199,7 milhões
2ªL – 16,1 milhões
Tot – 215,8 milhões
Bangladesh, Índia (Tripura, Bengala Ocidental e Assam).
09
Malaio/Indonésio [5]
Nat – 198,5 milhões
2ªL 4,7 milhões
Tot – 203,2 milhões
Indonésia, com significativos núcleos de falantes na Malásia, Filipinas (Sul), Timor Leste, Singapura, Nova Caledônia e outros países.
10
Alemão
Nat – 108,3 milhões
2ªL – 64,4 milhões
Tot – 172,7 milhões
Alemanha, Áustria, Bélgica (Cantão Oriental), França (região Alsácia e Lorena), Italia (Sul de Tirol Meridional e Namíbia), Liechtenstein, Luxemburgo, Polônia (Oppeln), Suíça (Aarfau, Appensell Exterior, Appenzell Interior, Basiléia-Campo, Basiléia-Cidade, Berna, Friburgo, Glarus, Lucerna, São Galo, Schaffhausen, Schwyz, Soleura, Zug, Zurique, Graubbden, Nidwald, Obwalden, Thurgau, Uri, Valais), com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Brasil (Sul), Argentina, Chile, Paraguai, Romênia, Lituânia, Rússia, Hungria, República Checa, Eslováquia, Lituânia e Eslovênia.
11
Japonês
Nat – 127,2 milhões
2ªL – 8,1 milhões
Tot – 135,3 milhões
Japão, Palau (Angaur), Guam, com significativos núcleos de falantes no Brasil, Estados Unidos (Havaí), Perú, Coréia do Sul, Taiwan, Ilhas Marshall e outros países.
12
Italiano
Nat – 73,4 milhões
2ªL – 41,9 milhões
Tot – 115,3 milhões
Croácia (Condado Istriano), Eslovênia, Itália, San Marino, Suíça (Graubbden, Tessino), com significativos núcleos na Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil (Sul), Canadá, Estados Unidos (Connecticut, Massachusetts, Nova Jersey, Nova Iorque, Rhode Island), França, Grécia, Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco, Uruguai, Vaticano e outros países.
13
Persa
Nat – 98,2 milhões
2ªL – 6,1 milhões
Tot – 104,3 milhões
Afeganistão, Irã e Tadjiquistão, com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Omã, Qatar, Uzbequistão e outros países.
14
Panjabi
Nat – 92,4 milhões
2ªL – 9,8 milhões
Tot – 102,2 milhões
Índia (Panjab) e Pakistão, com significativos núcleos de falantes no Quênia e Singapura.
15
Urdu [2]
Nat – 68,9 milhões
2ªL – 32,7 milhões
Tot – 101,6 milhões
Índia (Caxemira, Nova Delhi, Jammu e Uttar Pradesh), Paquistão e Afeganistão, com significativos núcleos de falantes na África do Sul, Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Reino Unido, Estados Unidos, Bahrain, Botswana, Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Malawi, Omã e Qatar.
16
Marata
Nat – 77,7 milhões
2ªL – 13,4 milhões
Tot – 91,1 milhões
Índia (Maharashtra, Damão e Diu, Goa), com significativos núcleos de falantes nas Ilhas Maurícius.
17
Turco
Nat – 72,4 milhões
2ªL – 17,8 milhões
Tot – 90,2 milhões
Bulgária (província de Kurdzhali e áreas do Sul e Oeste), Chipre e Turquia, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Austrália, Áustria, Geórgia, Grécia, Países Baixos, Irã, Moldávia, Macedônia, Síria, Azerbaijão e outros países.
18
Telugu
Nat – 72,8 milhões
2ªL – 8,1 milhões
Tot – 80,9 milhões
Índia (Andhra Pradesh, distrito de Yanam), com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Singapura e outros países
19
Árabe Egípcio [6]
Nat – 48,7 milhões
2ªL – 31,8 milhões
Tot – 80,5 milhões
Egito, Iraque, Israel, Jordânia, Kuwait, Líbia, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Yemen, com significativos núcleos de falantes na Inglaterra, Estados Unidos e outros países
20
Javanês
Nat – 77,8 milhões
2ªL – 2,5 milhões
Tot – 80,3 milhões
Indonésia, Java e Bali
21
Chinês Wu
Nat – 76,4 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 78,3 milhões
China (Xangai, Zhejiang, Jiangsu, Xuancheng e Anhui), Taiwan, Singapura e Hong Kong.
22
Coreano
Nat – 76,7 milhões
2ªL – 1,4 milhões
Tot – 78,1 milhões
Coréia do Norte, Coréia do Sul e China (Yanbian), com significativos núcleos de falantes na Austrália, Estados Unidos (Guam, Havaí, Marianas Setentrionais), Japão, Brasil e outros países.
23
Tailandês
Nat – 31,8 milhões
2ªL – 41,5 milhões
Tot – 73,3 milhões
Tailândia e Laos.
24
Vietnamita
Nat – 69,1 milhões
2ªL – 4,1 milhões
Tot – 73,2 milhões
Vietnã, com significativos núcleos de falantes na Austrália, Camboja, Estados Unidos (Califórnia), França (Nova Caledônia), Laos, Noruega, Vanuatu e outros países.
25
Chinês Yuè (Cantonês)
Nat – 69,7 milhões
2ªL – 2,5 milhões
Tot – 72,2 milhões
China (Sul e Sudeste), com significativos núcleos de falantes em Cantão, Hong Kong e outros países.
26
Tamil
Nat – 65,7 milhões
2ªL – 6,1 milhões
Tot – 71,8 milhões
Índia (Tamil Nadu, distritos de Karaikal e Pondicherry), Singapura, Sri Lanka e Myanmar, com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Malásia, Indonésia, Vietnã, França (Reunião), Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Malásia e outros países.
27
Árabe Magrebino [7]
Nat – 53,5 milhões
2ªL – 8,9 milhões
Tot – 62,4 milhões
Marrocos, Tunísia, Argélia e Líbia, com significativos núcleos de falantes na França, Holanda, Itália, Espanha e outros países
28
Chinês Min Nan
Nat – 48,2 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 50,9 milhões
China e Taiwan, com significativos núcleos de falantes em Brunei, Filipinas, Indonésia, Malásia, Singapura e Tailândia.
29
Polonês
Nat – 43,6 milhões
2ªL – 6,5 milhões
Tot – 50,1 milhões
Polônia, com significativos núcleos de falantes na Bielorrússia, Estados Unidos (Connecticut, Illinois, Nova Jérsei), Israel, Letônia, Lituânia, Ucrânia, Cazaquistão, República Tcheca, Alemanha, Romênia, Eslováquia, Rússia, Brasil (Sul) e outros países.
30
Guzerate
Nat – 47,4 milhões
2ªL – 1,9 milhões
Tot – 49,3 milhões
Índia (Guzerate, Damão e Diu e Dadrá e Nagar-Haveli), com significativos núcleos de falantes na África do Sul, Uganda, Tanzânia, Quênia, Paquistão, Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia, Fidji e Canadá.
31
Chinês Jin Yu
Nat – 43,3 milhões
2ªL – 3,6 milhões
Tot – 46,9 milhões
China e Taiwan.
32
Ucraniano
Nat – 42,7 milhões
2ªL – 3,9 milhões
Tot – 46,6 milhões
Ucrânia e Transnístria (Moldávia), com signitifcativos núcleos de falantes na Rússia, Polônia, Eslováquia, Romênia, Brasil, Estados Unidos, Portugal e outros países
33
Haúça
Nat – 25,2 milhões
2ªL – 16,9 milhões
Tot – 42,1 milhões
Nigéria, Benim, Burkina Foso, Camarões, Gana, Sudão e Togo
34
Canará
Nat – 33,7 milhões
2ªL – 8,0 milhões
Tot – 41,7 milhões
Índia (Karnataka).
35
Pashto
Nat – 31,4 milhões
2ªL – 9,7 milhão
Tot – 41,1 milhões
Afeganistão (Sudeste e Noroeste) e Paquistão (Oeste), com significatios núcleos de falantes na Índia
36
Chinês Xiang
Nat – 37,2 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 39,9 milhões
China.
37
Árabe Levantino [8]
Nat – 34,8 milhões
2ªL – 4,5 milhões
Tot – 39,3 milhões
Líbano, Síria, Jordânia, Israel, Gaza, Judeia e Sesmaria (Leste) e Jordânia (Oeste), com significativos núcleos de falantes no Kuwait, Iraque e outros países.
38
Malaiala [9]
Nat – 34,9 milhões
2ªL – 4,2 milhões
Tot – 39,1 milhões
Índia (Kerala, Lakshadweep e Mahe), com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Singapura e outros países.
39
Chinês Hakka
Nat – 35,1 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 36,3 milhões
China, com significativos núcleos de falantes em Brunei, Indonésia, Malásia, Panamá, Singapura, Suriname, Taiwan e Tailândia
40
Berber
Nat – 31,4 milhões
2ªL – 4,6 milhões
Tot – 36,0 milhões
Argélia, com significativos núcleos de falantes na Tunisia, Líbia, Egito, Mauritania, Nigéria, Saara Ocidental, Mali, França, Bélgica, Espanha, Estados Unidos e Canadá.
41
Amárica
Nat – 28,2 milhões
2ªL – 7,4 milhões
Tot – 35,6 milhões
Etiópia e Israel
42
Oromo
Nat – 33,8 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 35,4 milhões
Etiópia e Kênia
43
Birmanês
Nat – 33,5 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 35,1 milhões
Mianmar
44
Oriá
Nat – 32,0 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 34,3 milhões
Índia (Orissa), Mendipur (Bengala Ocidental), distrito de Saraikela Kharsawan (Jharkhand) e em Guzerate.
45
Nepali
Nat – 26,1 milhões
2ªL – 7,6 milhões
Tot – 33,7 milhões
Nepal, Índia e Butão
46
Sundanês
Nat – 26,8 milhões
2ªL – 6,8 milhões
Tot – 33,6 milhões
Indonésia
47
Bhojpuri
Nat – 28,7 milhões
2ªL – 4,1 milhões
Tot – 32,8 milhões
Índia e Nepal.
48
Tagalo
Nat – 23,7 milhões
2ªL – 8,2 milhões
Tot – 31,9 milhões
Filipinas (Sul e Centro de Luzon)
49
Romena
Nat – 27,4 milhões
2ªL – 3,9 milhões
Tot – 31,3 milhões
Romênia e Moldávia, com significativos núcleos de falantes na Sérvia, Estados Unidos e outros países
50
Curdo
Nat – 29,8 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 31,0 milhões
Iraque, Irã, Turquia e Síria, com significativos núcleos de falantes no Egito, Israel, Irã, Jordânia e Líbano.
51
Haryanvi
Nat – 28,1 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 29,9 milhões
Índia (Haryana) e Paquistão
52
Holandesa
Nat – 24,8 milhões
2ªL – 1,7 milhão
Tot – 26,5 milhões
Holanda, Bélgica (Norte), França (Nordeste), Suriname, Antilhas Holandesas e Aruba, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Indonésia, África do Sul e outros países.
53
Azeri
Nat – 24,0 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 26,1 milhões
Azerbaijão, Irã, partes de países vizinhos como: Geórgia, Rússia, Iraque, Turquia e Ucrânia.
54
Yoruba
Nat – 23,6 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 25,9 milhões
Nigéria, Benim, Togo e Serra Leão
55
Servo-croata
Nat – 22,9 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 24,5 milhões
Sérvia, Montenegro, Croácia, Bósnia e Herzegovina, com significativos núcleos de falantes na Albânia, Áustria, Hungria, Itália, Romênia, Rússia, Eslovênia, Turquia e Macedônia.
56
Uzbeque
Nat – 21,9 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 23,3 milhões
Uzbequistão e Quirguistão, com significativos núcleos de falantes no Afeganistão, Cazaquistão, Turcomenistão, Tadjiquistão, Rússia, China, Turquia, Arábia Saudita e Estados Unidos
57
Chinês Gan
Nat – 20,8 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 22,6 milhões
China (regiões de Fujian, Anhui e Hubei).
58
Assamês
Nat – 21,5 milhões
2ªL – 1,0 milhão
Tot – 22,5 milhões
Índia, Bangladesh e Butão.
59
Sindhi
Nat – 20,4 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 22,2 milhões
Índia, Paquistão (Sudeste).
60
Malagasy
Nat – 17,1 milhões
2ªL – 4,7 milhões
Tot – 21,8 milhões
Madagascar, Reunião (França), Comores, Mayotte
61
Khme
Nat – 19,8 milhões
2ªL – 1,3 milhão
Tot – 21,1 milhões
Camboja e Vietnã, com significativos núcleos de falantes na Tailândia, Taiwan, Estados Unidos e Austrália.
62
Igbo
Nat – 18,4 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 20,3 milhões
Nigéria
63
Árabe Sa’ide
Nat – 18,3 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 19,7 milhões
Egito (Sul de Cairo até a fronteira com o Sudão)
64
Árabe Sudanês
Nat – 18,1 milhões
2ªL – 1,5 milhão
Tot – 19,6 milhões
Sudão.
65
Grego
Nat – 14,9 milhões
2ªL – 3,8 milhões
Tot – 18,7 milhões
Grécia e Chipre, com significativos núcleos de falantes no Reino Unido e nos Estados Unidos.
66
Saraiqui
Nat – 17,6 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 17,8 milhões
Paquistão, com significativos núcleos de falantes na Índia
67
Somali
Nat – 16,3 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 17,7 milhões
Somália, Etiópia, Quênia e Djibuti
68
Cebuano
Nat – 16,3 milhões
2ªL – 0,1 milhão
Tot – 16,4 milhões
Filipinas
69
Húngara
Nat – 14,9 milhões
2ªL – 1,3 milhão
Tot – 16,2 milhões
Hungria, Áustria, Israel, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Ucrânia, Sérvia
70
Chitagônio
Nat – 14,0 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 16,1 milhões
Bangladesh, Mianmar.
71
Árabe Mesopotânico
Nat – 13,5 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 15,8 milhões
Iraque e Síria (Sul), com significativos núcleos de falantes no Irã e Turquia.
72
Chinês Zhuang
Nat – 13,1 milhões
2ªL – 2,2 milhões
Tot – 15,3 milhões
China
73
Madura
Nat – 14,2 milhões
2ªL – 1,1 milhão
Tot – 15,3 milhões
Ilha Madura (Indonésia), ilhas Kangean e Sapudi e em Java Oriental (Leste)
74
Fula
Nat – 13,3 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 15,2 milhões
Benim, Burkina Faso, Camarões, Chade, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Mali, Mauritânia, Nigéria, República, Centro-africana, Senegal, Serra Leoa, Sudão e Togo.
75
Shinhala
Nat – 14,0 milhões
2ªL – 1,1 milhão
Tot – 15,1 milhões
Sri Lanka e Índia, com significativos núcleos de falantes na Inglaterra e Estados Unidos.
76
Kazakh
Nat – 10,9 milhões
2ªL – 2,8 milhões
Tot – 13,7 milhões
Cazaquistão, com significativos núcleos de falantes na China, Mongolia, Afganistão, Tajikistão, Turquia, Turkmenistão, Ucrânia, Uzbekistão, Rússia e Irã.
77
Sueco
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 3,6 milhões
Tot – 13,4 milhões
Suécia e Finlândia, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Canadá, Argentina e Austrália.
78
Marwari
Nat – 12,9 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 13,2 milhões
Índia
79
Theca
Nat – 11,5 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 12,9 milhões
República Tcheca, com significativos núcleos de falantes na Áustria, Bulgária, Canadá, Israel, Polônia, Eslováquia, Ucrânia e Estados Unidos.
80
Hiligaynon
Nat – 9,4 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 12,1 milhões
Filipinas (Visayas).
81
Magahi
Nat – 11,3 milhões
2ªL – 0,6 milhão
Tot – 11,9 milhões
Índia (Sul de Bihar).
82
Criolo Haitiano
Nat – 8,9 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 11,6 milhões
Haiti, com significativos núcleos de falantes no Canadá, Estados Unidos, França, República Dominicana, Cuba e Bahamas.
83
Quíchua
Nat – 10,9 milhões
2ªL – 0,4 milhão
Tot – 11,3 milhões
Peru, Bolívia, Equador, Chile, Colômbia e Argentina.
84
Chatisgarri
Nat – 11,0 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 11,2 milhões
Índia (Chhattisgarh).
85
Uyghur
Nat – 8,3 milhões
2ªL – 2,9 milhões
Tot – 11,2 milhões
China, Kazaquistão, Paquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Afganistão.
86
Deccan
Nat – 10,4 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 11,1 milhões
Índia.
87
Chinês Min Bei
Nat – 8,8 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 10,9 milhões
China, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos (Califórnia).
88
Uigur
Nat – 8,7 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 10,8 milhões
China (Xinjiang), com significativos núcleos de falantes no Afeganistão, Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Bélgica, Canadá, Estados Unidos, Indonésia, Mongólia, Paquistão, Reino Unido, Quirguistão, Suécia, Taiwan, Tadjiquistão, Turquia e Uzbequistão.
89
Bielorrussa
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 10,5 milhões
Bielorrússia e Polônia.
90
kinyarwanda
Nat – 9,3 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 10,5 milhões
Ruanda, Congo, Uganda.
91
Ilokano
Nat – 8,1 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 10,4 milhões
Filipinas e Havai.
92
Hebraico
Nat – 6,1 milhões
2ªL – 4,2 milhões
Tot – 10,3 milhões
Israel, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Gibraltar, Canadá, Bélgica, França, Argentina, Reino Unido, Alemanha, Rússia e diversos outros países.
93
Búlgaro
Nat – 9,7 milhões
2ªL – 0,5 milhão
Tot – 10,2 milhões
Bulgária, Grécia, Moldávia, Romênia, Turquia, Sérvia e Montenegro e Macedónia.
94
Árabe Najdi
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 10,1 milhões
Arábia Saudita, com significativos núcleos de falantes na Jordânia, Iraque e Síria.
95
Zulu
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,1 milhão
Tot – 9,9 milhões
África do Sul, Lesoto, Moçambique, Suazilândia, Zimbabué.
96
Akan
Nat – 9,1 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 9,3 milhões
Gana e Suriname.
97
Árabe do Golfo
Nat – 8,2 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 8,9 milhões
Kuwait, parte da Arábia, Bahrain, Qatar, Emirados Árabes Unidos e Omã.
98
Shona
Nat – 8,3 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 8,5 milhões
Zimbábue, Zâmbia, Botsuana e Moçambique.
99
Tatar
Nat – 8,1 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 8,4 milhões
Rússia.
100
Fulfulde
Nat – 7,8 milhões
2ªL – 0,5 milhão
Tot – 8,3 milhões
Nigéria.
X
Total
Nat – 5.769,6 bilhões
2ªL – 1.319,2 bilhão
Tot – 7.088,8 bilhões
Planeta Terra
Nat = Nativo, 2ªL = Segunda linguagem e Tot = Total
Notas
[1] O inglês é o segundo idioma mais falado do mundo (falantes nativos e outros que o usam como segundo idioma), mas é o primeiro idioma mais usado no mundo nas áreas: científica, comercial, diplomática, acadêmica, produção literária, internet, TV, Rádio, Jornal, etc.
[2] O Hindi é relacionado aqui separado do Urdu por ser idioma diferente. O Hindi usa a caligrafia Devanagari, com extenso vocabulário herdado do Sânscrito e o Urdu usa a caligrafia Nastaliq, com extenso vocabulário de origem perso-arábica. Apesar disto possuem milhares de palavras compreensiveis entre si; por isto alguns lingüistas afirmamem ser o mesmo idioma – que o denominam de Hindustani – em duas diferentes formas de escrita.
[3] A quantidade de falantes da língua Russa como segundo idioma está reduzindo nos últimos anos em virtude de ter sido ablida “a obrigatoriedade do estudo desse idioma nos antigos países satélites da URSS”.
[4] O elevado número de pessoas que usam o Francês como segundo idioma é justificado por estudiosos como sendo resultado de diversos fatores, entre os quais: “…colonizações no passado, ter sido o idioma diplomático internacional até metade do século 20, rica produção cultural, eficientes atuações das alianças francesas, etc.”
[5] O Malaio que na Indonésia é denominado de língua Indonésia é o principal idioma dos povos que habitam a penísula Malaia e a Indonésia. Também é denominada de língua Malaia em Cingapura, Brunei e sul da Tailândia.
[6] O árabe egípcio é a mais difundida forma da língua árabe em virtude da proliferação de filmes e outras produções culturais e partir do Cairo (desde o início do século 20) e o grande número de professores egípcios que foram contratados para lecionar em diversos países, especialmente na penísula arábica.
[7] O árabe Magrabino, chamado pelos falantes de “Derija” (que significa dialeto), é baseado no árabe, francês e espanhol e possui uma séria de dialetos – a maioria compreensíveis entre si. É o idioma/dialeto predominante na região de Magrebe – região no Norte da África, deserto do Saara e Oeste do Nilo.
[8] A maioria dos vocábulos do árabe Levantino é árabe, mas centenas de outras são de origem turca, persa, francesa, inglesa e italiana.
[9] Malaiala não é malaio, que se fala na Malásia.

Fontes
01. Languages of the World – Languages Listing
02. David P Brown – Top 100 Languages by Population
03. G. Weber, “Top Languages“
04. CIA – World Factbook
05. UNESCO – Education
05. Index Mundi
06. Ethnologue: Languages of the World
07. Ethnologue – Languages of the World
08. Kryss Tal – The 30 Most Spoken Languages of the World
09. The World’s Most Widely Spoken Languages
10. 123 World Languages
11. Geographic Org – The 50 Most Widely Spoken Languages
12. Wikipedia – List of languages by number of native speakers

Recent Updated: 7 years ago - Created by Marcelo Silk Areado - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Marcelo Silk Areado
Flickr DSCN0264
Tags: mussa   
Guine-Equatorial
Recent Updated: 8 years ago - Created by aminhaterra2007 - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - aminhaterra2007
Flickr Guiné-equatorial


Recent Updated: 8 years ago - Created by crisleimc - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - crisleimc
Flickr GUINE EQUATORIAL


Recent Updated: 8 years ago - Created by ikran_a - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - ikran_a
Flickr Guiné Equatorial - 500 Francs 1985
Tags: africa   money   guinea   notes   collection   note   notas   currency   equatorial   nota   afrique   banknote   papermoney   cedula   afric   colecção   guine   guinéequatorial   
GQ-20
Recent Updated: 8 years ago - Created by Luis Pedroso - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Luis Pedroso
Flickr www.marcelosilk.com.br - vetor, vector, estampa, camiseta, vetor em corel draw, vetorização, imagens vetorizadas, silk screen, serigrafia, branco e preto (75)
Tags: ouniversomarvelprincipalterramvcterraondesepassaosjogosmarvelvscapcom   marcelosilksantoswwwfacebookcommarcelosilksantos01homemaranha–2164votos103vezesescolhidocomo1°02capitãoamérica–1616votos43vezesescolhidocomo1°03demolidormattmurdock–10062204drdestino–8721505oco   stills   
China, Malásia e Taiwan, com significativos núcleos de falantes na África d Sul, Brunei, Camboja, Filipinas, Hong-Kong, Indonésia, Mangólia, Mianmar, Singapura, Tailândia, Vietnã e outros países.
02
Inglês [1]
Nat – 355,1 milhões
2ªL – 198,8 milhões
Tot – 553,9 milhões
África do Sul, Antígua e Barbuda, Austrália, Bahamas, Barbados, Belize, Botswana, Brunei, Camarões, Canadá (exceção de Quebec), Dominica, Estados Unidos, Gâmbia, Gana, Granada, Guiana, Hong-Kong, Ilhas Fiji, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Jamaica, Kiribati, Lesoto, Libéria, Malásia, Malawi, Malta, Maurícia, Micronésia, Namíbia, Nigéria, Nova Zelândia, Palau, Papua Nova Guiné, Quénia, Reino Unido, Ruanda, Samoa, Santa Lucia, Santo Cristovão e Nevis, São Vicente e Grenadinas, Seichelles, Sierra Leão, Somália, Sri Lanka, Suazilândia, Tanzânia, Tonga, Trinidade e Tobago, Tuvalu, Uganda, Vanuatu, Zâmbia e Zimbábue, com significativos núcleos de falantes em Bangladesh, Eritréia, Etiópia, Filipinas, Índia, Israel, Maldivas, Micronésia, Nauru, Paquistão, Singapura e outros países.
03
Espanhol
Nat – 298,7 milhões
2ªL – 49,4 milhões
Tot – 348,1 milhões
Argentina, Bolívia, Canárias, Ceuta, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Dominica, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, Melilha, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Porto Rico, Uruguai e Venezuela, com significativos núcleos de falantes em Belize, Estados Unidos, Costa do Marfim, Filipinas, França e outros países.
04
Hindi [2]
Nat – 288,6 milhões
2ªL – 39,2 milhões
Tot – 327,8 milhões
Índia (regiões Norte, Centro e Oeste do país).
05
Português
Nat – 236,1 milhões
2ªL – 36,8 milhões
Tot – 272,9 milhões
Angola, Brasil, Cabo Verde, Damão (Índia), Diu e Goa (India), Galiza (espanha), Guine-Bissau, Macau (China), Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Reino Unido, Canadá, África do Sul, Austrália, Japão, Paraguai, e outros países.
06
Russo [3]
Nat – 164,3 milhões
2ªL – 98,7 milhões
Tot – 263,0 milhões
Abecásia (Geórgia), Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Casaquistão, Estônia, Letônia, Lituânia, Moldávia (Gagáuzia e Transnístria), Quirguistão, Rússia, Tajiquistão, Transnístria (Moldávia), Turcomenistão, Ucrânia e Usbequistão, com significativos núcleos de falantes em Israel e outros países.
07
Francês [4]
Nat – 108,4 milhões
2ªL – 121,3 milhões
Tot – 229,7 milhões
Bélgica (Bruxelas e Valônia), Benim, Burkina Faso, Burundi, Camarães, Canadá, República Central Africana, Chad, Comoros, Congo (Brazzaville), Costa do Marfim, Côte d’Ivoire, Djibouti, Guadeloupe, Guine Equatorial, França, Polinesia Francesa, Gabão, Guiné, Guiné Equatorial, Haiti, Índia (Karikal, Punducherry), Itália (Vale de Aosta), Líbano, Luxembourg, Madagáscar, Mali, Martinica, Maurícia, Mônaco, Nova Caledônia, Nigéria, República Centro Africana, Ruanda, Senegal, Seychelles, Suíça (Berna, Cantão de Friburgo, Cantão de Genebra, Jura, Neuchâtel, Valais, Vaud), Togo, com significativos núcleos nos Estados Unidos (Louisiana, especialmente), Vanuatu, Reino Unido (Guernsey e Jersey) e outros países.
08
Bengalês
Nat – 199,7 milhões
2ªL – 16,1 milhões
Tot – 215,8 milhões
Bangladesh, Índia (Tripura, Bengala Ocidental e Assam).
09
Malaio/Indonésio [5]
Nat – 198,5 milhões
2ªL 4,7 milhões
Tot – 203,2 milhões
Indonésia, com significativos núcleos de falantes na Malásia, Filipinas (Sul), Timor Leste, Singapura, Nova Caledônia e outros países.
10
Alemão
Nat – 108,3 milhões
2ªL – 64,4 milhões
Tot – 172,7 milhões
Alemanha, Áustria, Bélgica (Cantão Oriental), França (região Alsácia e Lorena), Italia (Sul de Tirol Meridional e Namíbia), Liechtenstein, Luxemburgo, Polônia (Oppeln), Suíça (Aarfau, Appensell Exterior, Appenzell Interior, Basiléia-Campo, Basiléia-Cidade, Berna, Friburgo, Glarus, Lucerna, São Galo, Schaffhausen, Schwyz, Soleura, Zug, Zurique, Graubbden, Nidwald, Obwalden, Thurgau, Uri, Valais), com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Brasil (Sul), Argentina, Chile, Paraguai, Romênia, Lituânia, Rússia, Hungria, República Checa, Eslováquia, Lituânia e Eslovênia.
11
Japonês
Nat – 127,2 milhões
2ªL – 8,1 milhões
Tot – 135,3 milhões
Japão, Palau (Angaur), Guam, com significativos núcleos de falantes no Brasil, Estados Unidos (Havaí), Perú, Coréia do Sul, Taiwan, Ilhas Marshall e outros países.
12
Italiano
Nat – 73,4 milhões
2ªL – 41,9 milhões
Tot – 115,3 milhões
Croácia (Condado Istriano), Eslovênia, Itália, San Marino, Suíça (Graubbden, Tessino), com significativos núcleos na Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil (Sul), Canadá, Estados Unidos (Connecticut, Massachusetts, Nova Jersey, Nova Iorque, Rhode Island), França, Grécia, Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco, Uruguai, Vaticano e outros países.
13
Persa
Nat – 98,2 milhões
2ªL – 6,1 milhões
Tot – 104,3 milhões
Afeganistão, Irã e Tadjiquistão, com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Omã, Qatar, Uzbequistão e outros países.
14
Panjabi
Nat – 92,4 milhões
2ªL – 9,8 milhões
Tot – 102,2 milhões
Índia (Panjab) e Pakistão, com significativos núcleos de falantes no Quênia e Singapura.
15
Urdu [2]
Nat – 68,9 milhões
2ªL – 32,7 milhões
Tot – 101,6 milhões
Índia (Caxemira, Nova Delhi, Jammu e Uttar Pradesh), Paquistão e Afeganistão, com significativos núcleos de falantes na África do Sul, Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Reino Unido, Estados Unidos, Bahrain, Botswana, Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Malawi, Omã e Qatar.
16
Marata
Nat – 77,7 milhões
2ªL – 13,4 milhões
Tot – 91,1 milhões
Índia (Maharashtra, Damão e Diu, Goa), com significativos núcleos de falantes nas Ilhas Maurícius.
17
Turco
Nat – 72,4 milhões
2ªL – 17,8 milhões
Tot – 90,2 milhões
Bulgária (província de Kurdzhali e áreas do Sul e Oeste), Chipre e Turquia, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Austrália, Áustria, Geórgia, Grécia, Países Baixos, Irã, Moldávia, Macedônia, Síria, Azerbaijão e outros países.
18
Telugu
Nat – 72,8 milhões
2ªL – 8,1 milhões
Tot – 80,9 milhões
Índia (Andhra Pradesh, distrito de Yanam), com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Singapura e outros países
19
Árabe Egípcio [6]
Nat – 48,7 milhões
2ªL – 31,8 milhões
Tot – 80,5 milhões
Egito, Iraque, Israel, Jordânia, Kuwait, Líbia, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Yemen, com significativos núcleos de falantes na Inglaterra, Estados Unidos e outros países
20
Javanês
Nat – 77,8 milhões
2ªL – 2,5 milhões
Tot – 80,3 milhões
Indonésia, Java e Bali
21
Chinês Wu
Nat – 76,4 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 78,3 milhões
China (Xangai, Zhejiang, Jiangsu, Xuancheng e Anhui), Taiwan, Singapura e Hong Kong.
22
Coreano
Nat – 76,7 milhões
2ªL – 1,4 milhões
Tot – 78,1 milhões
Coréia do Norte, Coréia do Sul e China (Yanbian), com significativos núcleos de falantes na Austrália, Estados Unidos (Guam, Havaí, Marianas Setentrionais), Japão, Brasil e outros países.
23
Tailandês
Nat – 31,8 milhões
2ªL – 41,5 milhões
Tot – 73,3 milhões
Tailândia e Laos.
24
Vietnamita
Nat – 69,1 milhões
2ªL – 4,1 milhões
Tot – 73,2 milhões
Vietnã, com significativos núcleos de falantes na Austrália, Camboja, Estados Unidos (Califórnia), França (Nova Caledônia), Laos, Noruega, Vanuatu e outros países.
25
Chinês Yuè (Cantonês)
Nat – 69,7 milhões
2ªL – 2,5 milhões
Tot – 72,2 milhões
China (Sul e Sudeste), com significativos núcleos de falantes em Cantão, Hong Kong e outros países.
26
Tamil
Nat – 65,7 milhões
2ªL – 6,1 milhões
Tot – 71,8 milhões
Índia (Tamil Nadu, distritos de Karaikal e Pondicherry), Singapura, Sri Lanka e Myanmar, com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Malásia, Indonésia, Vietnã, França (Reunião), Ilhas Fiji, Ilhas Maurício, Malásia e outros países.
27
Árabe Magrebino [7]
Nat – 53,5 milhões
2ªL – 8,9 milhões
Tot – 62,4 milhões
Marrocos, Tunísia, Argélia e Líbia, com significativos núcleos de falantes na França, Holanda, Itália, Espanha e outros países
28
Chinês Min Nan
Nat – 48,2 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 50,9 milhões
China e Taiwan, com significativos núcleos de falantes em Brunei, Filipinas, Indonésia, Malásia, Singapura e Tailândia.
29
Polonês
Nat – 43,6 milhões
2ªL – 6,5 milhões
Tot – 50,1 milhões
Polônia, com significativos núcleos de falantes na Bielorrússia, Estados Unidos (Connecticut, Illinois, Nova Jérsei), Israel, Letônia, Lituânia, Ucrânia, Cazaquistão, República Tcheca, Alemanha, Romênia, Eslováquia, Rússia, Brasil (Sul) e outros países.
30
Guzerate
Nat – 47,4 milhões
2ªL – 1,9 milhões
Tot – 49,3 milhões
Índia (Guzerate, Damão e Diu e Dadrá e Nagar-Haveli), com significativos núcleos de falantes na África do Sul, Uganda, Tanzânia, Quênia, Paquistão, Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia, Fidji e Canadá.
31
Chinês Jin Yu
Nat – 43,3 milhões
2ªL – 3,6 milhões
Tot – 46,9 milhões
China e Taiwan.
32
Ucraniano
Nat – 42,7 milhões
2ªL – 3,9 milhões
Tot – 46,6 milhões
Ucrânia e Transnístria (Moldávia), com signitifcativos núcleos de falantes na Rússia, Polônia, Eslováquia, Romênia, Brasil, Estados Unidos, Portugal e outros países
33
Haúça
Nat – 25,2 milhões
2ªL – 16,9 milhões
Tot – 42,1 milhões
Nigéria, Benim, Burkina Foso, Camarões, Gana, Sudão e Togo
34
Canará
Nat – 33,7 milhões
2ªL – 8,0 milhões
Tot – 41,7 milhões
Índia (Karnataka).
35
Pashto
Nat – 31,4 milhões
2ªL – 9,7 milhão
Tot – 41,1 milhões
Afeganistão (Sudeste e Noroeste) e Paquistão (Oeste), com significatios núcleos de falantes na Índia
36
Chinês Xiang
Nat – 37,2 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 39,9 milhões
China.
37
Árabe Levantino [8]
Nat – 34,8 milhões
2ªL – 4,5 milhões
Tot – 39,3 milhões
Líbano, Síria, Jordânia, Israel, Gaza, Judeia e Sesmaria (Leste) e Jordânia (Oeste), com significativos núcleos de falantes no Kuwait, Iraque e outros países.
38
Malaiala [9]
Nat – 34,9 milhões
2ªL – 4,2 milhões
Tot – 39,1 milhões
Índia (Kerala, Lakshadweep e Mahe), com significativos núcleos de falantes em Bahrain, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Singapura e outros países.
39
Chinês Hakka
Nat – 35,1 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 36,3 milhões
China, com significativos núcleos de falantes em Brunei, Indonésia, Malásia, Panamá, Singapura, Suriname, Taiwan e Tailândia
40
Berber
Nat – 31,4 milhões
2ªL – 4,6 milhões
Tot – 36,0 milhões
Argélia, com significativos núcleos de falantes na Tunisia, Líbia, Egito, Mauritania, Nigéria, Saara Ocidental, Mali, França, Bélgica, Espanha, Estados Unidos e Canadá.
41
Amárica
Nat – 28,2 milhões
2ªL – 7,4 milhões
Tot – 35,6 milhões
Etiópia e Israel
42
Oromo
Nat – 33,8 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 35,4 milhões
Etiópia e Kênia
43
Birmanês
Nat – 33,5 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 35,1 milhões
Mianmar
44
Oriá
Nat – 32,0 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 34,3 milhões
Índia (Orissa), Mendipur (Bengala Ocidental), distrito de Saraikela Kharsawan (Jharkhand) e em Guzerate.
45
Nepali
Nat – 26,1 milhões
2ªL – 7,6 milhões
Tot – 33,7 milhões
Nepal, Índia e Butão
46
Sundanês
Nat – 26,8 milhões
2ªL – 6,8 milhões
Tot – 33,6 milhões
Indonésia
47
Bhojpuri
Nat – 28,7 milhões
2ªL – 4,1 milhões
Tot – 32,8 milhões
Índia e Nepal.
48
Tagalo
Nat – 23,7 milhões
2ªL – 8,2 milhões
Tot – 31,9 milhões
Filipinas (Sul e Centro de Luzon)
49
Romena
Nat – 27,4 milhões
2ªL – 3,9 milhões
Tot – 31,3 milhões
Romênia e Moldávia, com significativos núcleos de falantes na Sérvia, Estados Unidos e outros países
50
Curdo
Nat – 29,8 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 31,0 milhões
Iraque, Irã, Turquia e Síria, com significativos núcleos de falantes no Egito, Israel, Irã, Jordânia e Líbano.
51
Haryanvi
Nat – 28,1 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 29,9 milhões
Índia (Haryana) e Paquistão
52
Holandesa
Nat – 24,8 milhões
2ªL – 1,7 milhão
Tot – 26,5 milhões
Holanda, Bélgica (Norte), França (Nordeste), Suriname, Antilhas Holandesas e Aruba, com significativos núcleos de falantes na Alemanha, Indonésia, África do Sul e outros países.
53
Azeri
Nat – 24,0 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 26,1 milhões
Azerbaijão, Irã, partes de países vizinhos como: Geórgia, Rússia, Iraque, Turquia e Ucrânia.
54
Yoruba
Nat – 23,6 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 25,9 milhões
Nigéria, Benim, Togo e Serra Leão
55
Servo-croata
Nat – 22,9 milhões
2ªL – 1,6 milhão
Tot – 24,5 milhões
Sérvia, Montenegro, Croácia, Bósnia e Herzegovina, com significativos núcleos de falantes na Albânia, Áustria, Hungria, Itália, Romênia, Rússia, Eslovênia, Turquia e Macedônia.
56
Uzbeque
Nat – 21,9 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 23,3 milhões
Uzbequistão e Quirguistão, com significativos núcleos de falantes no Afeganistão, Cazaquistão, Turcomenistão, Tadjiquistão, Rússia, China, Turquia, Arábia Saudita e Estados Unidos
57
Chinês Gan
Nat – 20,8 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 22,6 milhões
China (regiões de Fujian, Anhui e Hubei).
58
Assamês
Nat – 21,5 milhões
2ªL – 1,0 milhão
Tot – 22,5 milhões
Índia, Bangladesh e Butão.
59
Sindhi
Nat – 20,4 milhões
2ªL – 1,8 milhão
Tot – 22,2 milhões
Índia, Paquistão (Sudeste).
60
Malagasy
Nat – 17,1 milhões
2ªL – 4,7 milhões
Tot – 21,8 milhões
Madagascar, Reunião (França), Comores, Mayotte
61
Khme
Nat – 19,8 milhões
2ªL – 1,3 milhão
Tot – 21,1 milhões
Camboja e Vietnã, com significativos núcleos de falantes na Tailândia, Taiwan, Estados Unidos e Austrália.
62
Igbo
Nat – 18,4 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 20,3 milhões
Nigéria
63
Árabe Sa’ide
Nat – 18,3 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 19,7 milhões
Egito (Sul de Cairo até a fronteira com o Sudão)
64
Árabe Sudanês
Nat – 18,1 milhões
2ªL – 1,5 milhão
Tot – 19,6 milhões
Sudão.
65
Grego
Nat – 14,9 milhões
2ªL – 3,8 milhões
Tot – 18,7 milhões
Grécia e Chipre, com significativos núcleos de falantes no Reino Unido e nos Estados Unidos.
66
Saraiqui
Nat – 17,6 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 17,8 milhões
Paquistão, com significativos núcleos de falantes na Índia
67
Somali
Nat – 16,3 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 17,7 milhões
Somália, Etiópia, Quênia e Djibuti
68
Cebuano
Nat – 16,3 milhões
2ªL – 0,1 milhão
Tot – 16,4 milhões
Filipinas
69
Húngara
Nat – 14,9 milhões
2ªL – 1,3 milhão
Tot – 16,2 milhões
Hungria, Áustria, Israel, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Ucrânia, Sérvia
70
Chitagônio
Nat – 14,0 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 16,1 milhões
Bangladesh, Mianmar.
71
Árabe Mesopotânico
Nat – 13,5 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 15,8 milhões
Iraque e Síria (Sul), com significativos núcleos de falantes no Irã e Turquia.
72
Chinês Zhuang
Nat – 13,1 milhões
2ªL – 2,2 milhões
Tot – 15,3 milhões
China
73
Madura
Nat – 14,2 milhões
2ªL – 1,1 milhão
Tot – 15,3 milhões
Ilha Madura (Indonésia), ilhas Kangean e Sapudi e em Java Oriental (Leste)
74
Fula
Nat – 13,3 milhões
2ªL – 1,9 milhão
Tot – 15,2 milhões
Benim, Burkina Faso, Camarões, Chade, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Mali, Mauritânia, Nigéria, República, Centro-africana, Senegal, Serra Leoa, Sudão e Togo.
75
Shinhala
Nat – 14,0 milhões
2ªL – 1,1 milhão
Tot – 15,1 milhões
Sri Lanka e Índia, com significativos núcleos de falantes na Inglaterra e Estados Unidos.
76
Kazakh
Nat – 10,9 milhões
2ªL – 2,8 milhões
Tot – 13,7 milhões
Cazaquistão, com significativos núcleos de falantes na China, Mongolia, Afganistão, Tajikistão, Turquia, Turkmenistão, Ucrânia, Uzbekistão, Rússia e Irã.
77
Sueco
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 3,6 milhões
Tot – 13,4 milhões
Suécia e Finlândia, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Canadá, Argentina e Austrália.
78
Marwari
Nat – 12,9 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 13,2 milhões
Índia
79
Theca
Nat – 11,5 milhões
2ªL – 1,4 milhão
Tot – 12,9 milhões
República Tcheca, com significativos núcleos de falantes na Áustria, Bulgária, Canadá, Israel, Polônia, Eslováquia, Ucrânia e Estados Unidos.
80
Hiligaynon
Nat – 9,4 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 12,1 milhões
Filipinas (Visayas).
81
Magahi
Nat – 11,3 milhões
2ªL – 0,6 milhão
Tot – 11,9 milhões
Índia (Sul de Bihar).
82
Criolo Haitiano
Nat – 8,9 milhões
2ªL – 2,7 milhões
Tot – 11,6 milhões
Haiti, com significativos núcleos de falantes no Canadá, Estados Unidos, França, República Dominicana, Cuba e Bahamas.
83
Quíchua
Nat – 10,9 milhões
2ªL – 0,4 milhão
Tot – 11,3 milhões
Peru, Bolívia, Equador, Chile, Colômbia e Argentina.
84
Chatisgarri
Nat – 11,0 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 11,2 milhões
Índia (Chhattisgarh).
85
Uyghur
Nat – 8,3 milhões
2ªL – 2,9 milhões
Tot – 11,2 milhões
China, Kazaquistão, Paquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Afganistão.
86
Deccan
Nat – 10,4 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 11,1 milhões
Índia.
87
Chinês Min Bei
Nat – 8,8 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 10,9 milhões
China, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos (Califórnia).
88
Uigur
Nat – 8,7 milhões
2ªL – 2,1 milhões
Tot – 10,8 milhões
China (Xinjiang), com significativos núcleos de falantes no Afeganistão, Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Bélgica, Canadá, Estados Unidos, Indonésia, Mongólia, Paquistão, Reino Unido, Quirguistão, Suécia, Taiwan, Tadjiquistão, Turquia e Uzbequistão.
89
Bielorrussa
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 10,5 milhões
Bielorrússia e Polônia.
90
kinyarwanda
Nat – 9,3 milhões
2ªL – 1,2 milhão
Tot – 10,5 milhões
Ruanda, Congo, Uganda.
91
Ilokano
Nat – 8,1 milhões
2ªL – 2,3 milhões
Tot – 10,4 milhões
Filipinas e Havai.
92
Hebraico
Nat – 6,1 milhões
2ªL – 4,2 milhões
Tot – 10,3 milhões
Israel, com significativos núcleos de falantes nos Estados Unidos, Gibraltar, Canadá, Bélgica, França, Argentina, Reino Unido, Alemanha, Rússia e diversos outros países.
93
Búlgaro
Nat – 9,7 milhões
2ªL – 0,5 milhão
Tot – 10,2 milhões
Bulgária, Grécia, Moldávia, Romênia, Turquia, Sérvia e Montenegro e Macedónia.
94
Árabe Najdi
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 10,1 milhões
Arábia Saudita, com significativos núcleos de falantes na Jordânia, Iraque e Síria.
95
Zulu
Nat – 9,8 milhões
2ªL – 0,1 milhão
Tot – 9,9 milhões
África do Sul, Lesoto, Moçambique, Suazilândia, Zimbabué.
96
Akan
Nat – 9,1 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 9,3 milhões
Gana e Suriname.
97
Árabe do Golfo
Nat – 8,2 milhões
2ªL – 0,7 milhão
Tot – 8,9 milhões
Kuwait, parte da Arábia, Bahrain, Qatar, Emirados Árabes Unidos e Omã.
98
Shona
Nat – 8,3 milhões
2ªL – 0,2 milhão
Tot – 8,5 milhões
Zimbábue, Zâmbia, Botsuana e Moçambique.
99
Tatar
Nat – 8,1 milhões
2ªL – 0,3 milhão
Tot – 8,4 milhões
Rússia.
100
Fulfulde
Nat – 7,8 milhões
2ªL – 0,5 milhão
Tot – 8,3 milhões
Nigéria.
X
Total
Nat – 5.769,6 bilhões
2ªL – 1.319,2 bilhão
Tot – 7.088,8 bilhões
Planeta Terra
Nat = Nativo, 2ªL = Segunda linguagem e Tot = Total
Notas
[1] O inglês é o segundo idioma mais falado do mundo (falantes nativos e outros que o usam como segundo idioma), mas é o primeiro idioma mais usado no mundo nas áreas: científica, comercial, diplomática, acadêmica, produção literária, internet, TV, Rádio, Jornal, etc.
[2] O Hindi é relacionado aqui separado do Urdu por ser idioma diferente. O Hindi usa a caligrafia Devanagari, com extenso vocabulário herdado do Sânscrito e o Urdu usa a caligrafia Nastaliq, com extenso vocabulário de origem perso-arábica. Apesar disto possuem milhares de palavras compreensiveis entre si; por isto alguns lingüistas afirmamem ser o mesmo idioma – que o denominam de Hindustani – em duas diferentes formas de escrita.
[3] A quantidade de falantes da língua Russa como segundo idioma está reduzindo nos últimos anos em virtude de ter sido ablida “a obrigatoriedade do estudo desse idioma nos antigos países satélites da URSS”.
[4] O elevado número de pessoas que usam o Francês como segundo idioma é justificado por estudiosos como sendo resultado de diversos fatores, entre os quais: “…colonizações no passado, ter sido o idioma diplomático internacional até metade do século 20, rica produção cultural, eficientes atuações das alianças francesas, etc.”
[5] O Malaio que na Indonésia é denominado de língua Indonésia é o principal idioma dos povos que habitam a penísula Malaia e a Indonésia. Também é denominada de língua Malaia em Cingapura, Brunei e sul da Tailândia.
[6] O árabe egípcio é a mais difundida forma da língua árabe em virtude da proliferação de filmes e outras produções culturais e partir do Cairo (desde o início do século 20) e o grande número de professores egípcios que foram contratados para lecionar em diversos países, especialmente na penísula arábica.
[7] O árabe Magrabino, chamado pelos falantes de “Derija” (que significa dialeto), é baseado no árabe, francês e espanhol e possui uma séria de dialetos – a maioria compreensíveis entre si. É o idioma/dialeto predominante na região de Magrebe – região no Norte da África, deserto do Saara e Oeste do Nilo.
[8] A maioria dos vocábulos do árabe Levantino é árabe, mas centenas de outras são de origem turca, persa, francesa, inglesa e italiana.
[9] Malaiala não é malaio, que se fala na Malásia.

Fontes
01. Languages of the World – Languages Listing
02. David P Brown – Top 100 Languages by Population
03. G. Weber, “Top Languages“
04. CIA – World Factbook
05. UNESCO – Education
05. Index Mundi
06. Ethnologue: Languages of the World
07. Ethnologue – Languages of the World
08. Kryss Tal – The 30 Most Spoken Languages of the World
09. The World’s Most Widely Spoken Languages
10. 123 World Languages
11. Geographic Org – The 50 Most Widely Spoken Languages
12. Wikipedia – List of languages by number of native speakers

Recent Updated: 8 years ago - Created by Marcelo Silk Areado - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - Marcelo Silk Areado
Flickr IMG_0817

Sandra Guiné-Equatorial
Recent Updated: 9 years ago - Created by aminhaterra2007 - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - aminhaterra2007
Flickr IMG_0809

Sandra Guine-Equatorial
Recent Updated: 9 years ago - Created by aminhaterra2007 - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - aminhaterra2007
Flickr Guiné Equatorial-Bata5


Recent Updated: 10 years ago - Created by fpborges - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - fpborges
Flickr Guiné Equatorial-Bata3


Recent Updated: 10 years ago - Created by fpborges - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - fpborges
Flickr Guiné Equatorial-Bata2


Recent Updated: 10 years ago - Created by fpborges - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - fpborges
Flickr Guiné Equatorial-Bata4


Recent Updated: 10 years ago - Created by fpborges - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - fpborges
Flickr Guiné Equatorial-Bata1


Recent Updated: 10 years ago - Created by fpborges - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - fpborges
Flickr DSCN0961
Tags: mussa   
Guine-Equatorial
Recent Updated: 11 years ago - Created by aminhaterra2007 - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - aminhaterra2007
Flickr guine_equatorial


Recent Updated: 13 years ago - Created by gilsomoura - View

Copyright and permission to use should be sought to the author - gilsomoura